Atlético conseguiu a classificação com o empate. (Itamar Aguiar/Estadão Conteúdo)

Em sua primeira oficial na temporada, o time do principal do Atlético empatou com o Caxias em 0 a 0 e está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. A partida marcou a estreia do técnico Fernando Diniz e de sua filosofia de trabalho. O Rubro-Negro sentiu a falta de ritmo de jogo, mas segurou o ímpeto do adversário que tinha 100% de aproveitamento na temporada.

De acordo com o site Footstats, o Atlético terminou os 90 minutos com 53% de posse de bola contra 47% do adversário e 94% de acerto nos passes (498 de 529). Em contrapartida, o Furacão errou 14 dos 17 cruzamentos tentados (18% de aproveitamento).

O Atlético agora aguarda a definição do vencedor entre Tubarão-SC e América-RN para saber o adversário na segunda fase. Independente do classificado, o jogo será na Arena da Baixada. Antes da competição nacional, o time alternativo volta ao centro das atenções já que no próximo domingo disputa o clássico contra o Coritiba.

Caxias cria as melhores oportunidades no primeiro tempo

Sob nova filosofia, Fernando Diniz escalou o Atlético com três zagueiros – Thiago Heleno, Paulo André e Wanderson – e deu liberdade para os dois laterais atacarem. No início, o time atleticano explorou as jogadas pelo lado direito, com Jonathan, mas não levou a bola até o atacante Lucas Ribamar.

No decorrer da primeira etapa, o Caxias cresceu na partida e só não abriu o placar graças ao goleiro Santos. Aos 32 minutos, o lateral-direito Cleiton tentou surpreender em chute da ponta direita e Santos salvou com a ponta dos dedos. Já aos 34, Julinho arriscou chute da entrada da área e o camisa 1 buscou no ângulo esquerdo.

Atlético segura o empate sem gols e avança na competição

O Atlético voltou para o segundo tempo com mais objetividade e quase abriu o placar com apenas dois minutos. Ribamar recebeu dentro da área, tentou marcar, mas a bola bateu em Júnior Alves quase em cima da linha. Já aos 6, Guilherme recebeu bom cruzamento, chutou no canto e o goleiro Gledson tirou com a ponta dos dedos.

Nos minutos finais, o Caxias foi para o ataque em busca do gol da classificação e deu espaço para o contra-ataque do Atlético. Porém, Ribamar perdeu as grandes oportunidades de garantir a vitória. Aos 38, Ribamar recebeu na frente do gol e parou na defesa de Gledson. Dois minutos, o atacante teve nova chance de marcar, mas o camisa 1 do Caxias salvou o novamente.

FICHA TÉCNICA
CAXIAS 0X0 ATLÉTICO

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS).
Data: Terça-feira, 30 de janeiro de 2018.
Horário: 21h30.
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES).
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES).

Caxias: Gledson; Cleiton, Junior Alves, Laércio e Julinho (Ramon); Régis, Rafael Gava, Diego Miranda, Túlio Renan (Daniel Cruz) e Nicolas; João Paulo (Carlos André).
Técnico: Luiz Carlos Winck.

Atlético: Santos; Wanderson, Paulo André e Thiago Heleno; Jonathan, Matheus Rossetto (Bruno Guimarães), Raphael Veiga e Thiago Carleto; Guilherme (Bergson), Nikão (Pablo) e Ribamar.
Técnico: Fernando Diniz.

Cartões amarelos: Guilherme e Thiago Carleto (CAP); Régis (CAX).