Por Esporte Banda B

Barrientos foi campeão pelo Lanús em 2013. (Divulgação/Atlético)Barrientos foi campeão pelo Lanús em 2013. (Divulgação/Atlético)

O Atlético entra em campo nesta quinta-feira (20), na Arena Joinville, para iniciar sua sexta participação na Copa Sul-Americana. O Furacão, que já chegou a ser semifinalista do torneio, aposta na experiência do meio-campo argentino Fernando Barrientos, campeão com o Lanús, em 2013, para revelar os “segredos” da competição.

Mirando seu segundo título, Barrientos destaca a importância do confronto de ida para a definição da classificação à próxima fase. “São 180 minutos e é importante ter atenção do início ao fim. Os primeiros 90 minutos contam demais para o resultado final”, destacou o meia. “É sempre bom ser campeão. Da Sul-Americana é ainda melhor. Então, temos que mostrar nosso potencial durante todos os jogos”, acrescentou.

Leia também:
Atlético divulga lista de inscritos para a Copa Sul-Americana

Entrando em sua sexta participação no torneio, o Rubro-negro tenta superar a sua melhor campanha no torneio, registrada em 2006, logo na primeira participação do clube. Naquela temporada, o time passou por Paraná, River Plate-ARG e Nacional-URU e acabou caindo na semifinal diante do Pachuca-MEX, que seria o campeão.

Para o argentino Fernando Barrientos, a qualidade de todo o elenco atleticano é um dos “segredos” para se fazer uma boa campanha na competição. “Nosso grupo é muito bom e trabalha forte durante a semana. Esse é um dos segredos para fazer uma ótima campanha”, disse o jogador. “Temos trabalhado para fazer uma boa partida. Temos que estar todos bem, independentemente de quem começar jogando. O Milton (Mendes, técnico) trabalha para colocar os melhores em campo, para que a equipe conquiste um bom resultado”, afirmou Barrientos.

Joinville e Atlético se enfrentam em partida de ida nesta quinta-feira (20), na Arena Joinville, a partir das 21h15. O jogo de volta acontece uma semana depois, no dia 27, na Arena da Baixada, em Curitiba, no mesmo horário.