Por Esporte Banda B

Vinícius estreou como mandante pelo Furacão. (Divulgação/ Atlético)Vinícius estreou como mandante pelo Furacão. (Divulgação/ Atlético)

O meio-campo Vinícius sempre fez questão de deixar claro que é torcedor do Atlético desde criança. Reforço rubro-negro para esta temporada, o jogador entrou em campo como mandante com a camisa atleticana pela primeira vez contra o Maringá. E apesar de a partida ter sido no EcoEstádio, o meia revelou emoção pela primeira partida para “sua torcida”.

Apesar de não ser na Arena da Baixada e do público reduzido na vitória do Furacão por 1 a 0 sobre a Zebra, Vinícius comemorou seu primeiro jogo frente ao torcedor. “Ver a torcida em bom número, comparecendo ao estádio para nos incentivar até o final, é gratificante. Estou muito feliz. Este primeiro contato com a torcida em casa já foi muito bom. Tenho certeza que a cada jogo eles estarão lá para nos incentivar. E nós daremos o máximo para vencer”, comentou o meia.

Um dos destaques do time neste início de temporada, o meio-campista caiu logo no gosto da torcida e já é um dos jogadores do elenco rubro-negro com maior carinho por parte do torcedor. Além do apoio ao time que estava em campo contra o Maringá, a torcida atleticana apoiou o novo meia em especial.

“Era, era, o Vinícius é da Caveira”, entoou a torcida. E quando o grito das arquibancadas foi direcionado para o jogador, a emoção foi maior. “Foi muito bom. Ainda mais que eles puxaram uma música que já cantei muito, até para o ‘baixinho’ Ferreira quando jogou aqui. É mais um sonho realizado na minha vida, podendo escutar a torcida gritar meu nome. Vou fazer de tudo para aproveitar isso”, disse Vinícius.