Enfim, o Athletico fez as pazes com a vitória. Neste domingo (3), o Furacão derrotou o Santos por 3×0, na Ligga Arena, e acabou a fase de sete jogos sem ganhar. Os gols foram marcados por Vitor Bueno, Madson e Willian Bigode.

Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 56 pontos e se garantiu entre os oito primeiros colocados, o que dá uma vaga direta para a terceira fase da Copa do Brasil do ano que vem. Já o Peixe permanece na 15ª colocação, com 43 pontos, dois a mais que o Bahia, que é quem abre a zona de rebaixamento.

O Athletico se despede da temporada 2023 na próxima quarta-feira (6), quando enfrenta o Cuiabá, às 21h30, na Arena Pantanal. No mesmo dia e horário, o Santos recebe o Fortaleza, na Vila Belmiro.

Primeiro tempo com gol nos acréscimos

O primeiro tempo faltou em emoção, mas sobrou em dividida. Tanto Athletico quanto Santos sofreram para conseguir finalizar a gol. Em compensação, as faltas, o jogo truncado no meio-campo e os erros nas tomadas de decisões tomaram conta dos 45 minutos iniciais.

O Furacão até começou melhor, indo mais para cima, mas, aos poucos, o Peixe foi se encaixando e passou a chegar mais. A melhor chance foi uma cabeçada de Joaquim, que Bento espalmou. De resto, Soteldo e Furch até tentaram, mas as finalizações foram para fora.

Nos acréscimos, o Rubro-Negro, enfim, passou a atacar. Aos 46, Vitor Bueno cobrou falta na área, Madson subiu sozinho e cabeceou, mas João Paulo evitou o que seria o primeiro gol da partida. Pouco depois, aos 50, Vitor Bueno cobrou falta com categoria, no canto direito do goleiro, e abriu o placar na Ligga Arena.

Athletico não precisa de esforço pra confirmar vitória

No segundo tempo, o confronto ficou mais aberto. Precisando reverter a desvantagem, o Santos começou a se arriscar mais, permitindo espaço para o Athletico puxar o contra-ataque. Porém, faltava eficiência para os dois times.

A partida foi caindo de produção, diante do desespero do Peixe, até que o Furacão liquidou o confronto aos 29, quando Vitor Bueno cruzou na medida para Madson ampliar o placar.

Depois disso, o estádio teve mais emoção quando Vitor Roque foi substituído. Ao deixar o gramado, o camisa 9 foi muito ovacionado e aplaudido, ficando muito emocionado, encerrando seu ciclo com a camisa atleticana.

E quem entrou no lugar de Vitor Roque fez a festa da torcida na Ligga Arena. Aos 47, Bruno Peres cruzou pela direita, Willian Bigode dominou na área, ajeitou e bateu forte, decretando o resultado final.

Ficha técnica

CAMPEONATO BRASILEIRO
2º Turno – 37ª Rodada

ATHLETICO 3×0 SANTOS

Athletico
Bento; Cacá, Thiago Heleno e Kaique Rocha; Madson (Bruno Peres), Erick, Fernandinho (Dudu) e Cuello; Vitor Bueno (Zapelli), Christian (Alex Santana) e Vitor Roque (Willian).
Técnico: Wesley Carvalho

Santos
João Paulo; Lucas Braga, Joaquim, Messias e Dodô (Mendoza); Tomás Rincón (Morelos), Rodrigo Fernández (Gabriel Inocêncio), Jean Lucas e Nonato (Lucas Lima); Soteldo e Julio Furch (Marcos Leonardo).
Técnico: Marcelo Fernandes

Local: Ligga Arena (Curitiba-PR)
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA-RS) e Tiago Augusto Kappes Diel (RS)
VAR: Charly Wendy Straub Deretti (FIFA-SC)
Gols: Vitor Bueno, 50 do 1º; Madson, 29, Willian Bigode, 47 do 2º
Cartões amarelos: Fernandinho, Thiago Heleno, Erick, Alex Santana, Cacá (CAP); Tomás Rincón, Joaquim, Morelos (SAN)
Renda: R$ 1.152.400,00
Público total: 12.823

Vitor Bueno comemora gol pelo Athletico
Vitor Bueno foi o nome do jogo, com um gol e uma assistência. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico vence o Santos, encerra sequência e garante vaga na 3ª fase da Copa do Brasil

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.