Pouco mais de quatro meses depois de estrear, o atacante Vitor Roque, ex-Athletico, está perto de deixar o Barcelona. Segundo a rádio Cadena Ser, da Espanha, o jogador está fora dos planos do técnico Xavi para a próxima temporada. O diretor Deco, que conduziu a contratação do atleta no ano passado, já teria decidido emprestá-lo e deve iniciar negociações nos próximos dias.

Entretanto, a situação ainda deve render muito “pano pra manga”. Há uma semana, o empresário de Vitor Roque, André Cury, afirmou que o atacante só deixa o Barcelona por uma negociação em definitivo, descartando um empréstimo. No ano passado, o clube catalão comprou o atleta junto ao Athletico por 74 milhões de euros (R$ 410 milhões) no total. A venda foi a maior da história do Furacão.

Saída em alta do Athletico para o “esquecimento”

Apesar da expectativa, Roque ainda não conseguiu render o que se esperava pelo Barcelona, torcedores e imprensa espanhola, após sua saída do Athletico. Na Europa desde janeiro, o atacante disputou 13 partidas, sendo apenas duas como titular, com dois gols marcados. Porém, no último mês, ele perdeu ainda mais espaço e sequer participou dos últimos quatros jogos do time catalão. O “esquecimento” do jogador rendeu muitas críticas ao técnico Xavi, inclusive, do próprio André Cury.

“Ninguém entende por que o Xavi não o coloca para jogar e sequer fala com Vitor, isto não é correto. Eu tampouco entendo essa situação. É uma situação que não é boa para nenhuma partida. Creio que já houve várias partidas nas quais poderia dar esses minutos para que nós, hoje, não estaríamos falando desse tema”, declarou o agente, à Rádio RAC1, da Catalunha.

E o Athletico?

A saída precoce de Vitor Roque poderia gerar menos lucro ao Athletico. Isso porque, dos 74 milhões de euros da negociação, apenas 40 milhões (R$ 222 milhões) são fixos – valor este que está sendo pago em parcelas de seis meses pelo Barcelona. Ou seja, o Furacão pode deixar de lucrar mais de 30 milhões de euros, que estão atrelados a bônus de desempenho, além de impostos e taxas.

O Barcelona ainda pagaria ao Athletico 5 milhões de dólares (cerca de R$ 25 milhões) por temporada em que Vitor Roque disputasse pelo menos 50% dos minutos dos jogos oficiais. Além disso, o clube catalão desembolsaria outros 5 milhões de euros em caso de indicação do atacante ao prêmio Bola de Ouro, e mais um milhão de euros caso ele conquistasse a premiação.

Vitor Roque pode ser negociado quatro meses depois de deixar o Athletico.
Roque foi descartado pelo técnico Xavi. Foto: Divulgação/Barcelona

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico: Vitor Roque está fora dos planos do Barcelona

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.