Athletico x Vasco - Rodolfo BuhrerJogadores do Athletico comemoram o primeiro gol da vitória sobre o Vasco. (Rodolfo Buhrer/Fotoarena/Estadão Conteúdo)

O Athletico terminou o ano de 2020 com vitória. Em jogo realizado na Arena da Baixada, na noite deste domingo (27), o Furacão venceu o Vasco por 3 a 0 e se afastou da zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Nikão e Carlos Eduardo, duas vezes.

Com a vitória, o Atlhetico sobe para 34 pontos, abre seis de vantagem para o próprio Vasco, primeiro time no Z4, e dá passo importante para a permanência na primeira divisão. Na próxima rodada, em 06 de janeiro de 2021, o Furacão joga no Rio de Janeiro contra o Botafogo.

O jogo

Precisando do resultado, o Athletico adotou uma postura ofensiva desde o início e levou perigo logo aos três minutos. Depois de cobrança de escanteio, Thiago Heleno apareceu livre de marcação, mas cabeceou por cima do gol. Já aos 10, o ataque rubro-negro recuperou a bola próximo da área adversária, Nikão aproveitou e chutou no canto direito para abrir o placar.

Após a pressão inicial, o Athletico diminuiu o ritmo e viu o Vasco crescer na partida. Aos 34 minutos, Germán Cano chegou a empatar a partida, mas o árbitro anulou por impedimento. O gol anulado ‘acordou’ o Athletico que ampliou a vantagem na sequência. Léo Cittadini chutou colocado da entrada da área, Fernando Miguel não segurou e Carlos Eduardo completou para o fundo das redes.

O Vasco mudou três peças no intervalo em busca da reação e balançou as redes no primeiro lance de ataque da etapa final. Porém, o árbitro anulou mais uma vez após ver o impedimento de Germán Cano no vídeo. Do outro lado, o Athletico apostou nos chutes de fora da área e parou em Fernando Miguel em duas oportunidades.

De tanto insistir, o Athletico chegou ao terceiro gol justamente na finalização de longe. Aos 15 minutos, Carlos Eduardo recebeu na intermediária, cortou o marcador e chutou rasteiro no canto esquerdo do gol defendido por Fernando Miguel. Foi o segundo gol do artilheiro da noite.

Com a larga vantagem na partida, os minutos finais da partida serviram para a reestreia de Jadson pelo Athletico. O meia entrou aos 39 minutos na vaga do volante Richard e vestiu a camisa rubro-negra pela primeira vez desde 19 de dezembro de 2004.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO X VASCO

Data: Domingo, 27 de dezembro de 2020
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Horário: 18h15
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)
Árbitro de Vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Assistente de VAR: Vinicius Furlan (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

Athletico: Santos; Jonathan (Khellven), Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner Vinícius; Richard (Jadson), Christian (Lucho González) e Léo Cittadini (Fernando Canesin); Nikão, Renato Kayzer (Walter) e Carlos Eduardo.
Técnico: Paulo Autuori.

Vasco: Fernando Miguel; Léo Matos (Yago Pikachu), Wesley, Leandro Castán e Neto Borges; Andrey (Tiago Reis), Marcos Júnior (Talles Magno), Juninho (Gustavo Torres) e Carlinhos; Vinícius (Leonardo Gil) e Germán Cano.
Técnico: Rui Motta.

Gols: Nikão (CAP), aos 10′ do primeiro tempo, e Carlos Eduardo (CAP), aos 37′ do primeiro tempo e aos 15′ do segundo tempo.
Cartão amarelo: Carlinhos (VAS).