Jogadores embarcaram com destino o Uruguai, onde enfrentam o Peñarol pela Libertadores da América (Monique Vilela/Rádio Banda B)

Já classificado para as disputas das oitavas de final da Libertadores da América, o Athletico prioriza, agora, o Campeonato Brasileiro. Esta decisão foi confirmada após a divulgação dos relacionados para a partida contra o Peñarol, nesta terça-feira (20), às 21h30, em Montevidéu, no Estádio Campeón del Siglo.

Paulo Autuori embarca com a delegação do Athletico para Montevidéu. (Monique Vilela/Rádio Banda B)

Jogadores embarcaram, por volta das 13h no Aeroporto Afonso pena, no avião com destino ao Uruguai. Quando perguntado sobre se estaria no banco de reservas, comandando a equipe do Furacão, Paulo Autuori se limitou a afirmar que “vocês vão ver, estou muito feliz com o retorno ao Athletico”.

Do onze titular que vem atuando no Brasileirão, Eduardo Barros em conjunto com Paulo Autuori, que deve ficar no banco de reservas, definiram que mais da metade será poupada. A classificação antecipada deu segurança ao Furacão, que prefere agora buscar um resultado positivo no campeonato nacional para sair da zona de rebaixamento.

Com Márcio Azevedo e Jonathan vetados pelo departamento médico por conta de lesão, a lista de titulares que não irão jogar contra os uruguaios é extensa. Thiago Heleno, Pedro Henrique, Abner Vinicius, Wellington, Léo Cittadini e Christian serão poupados para o confronto. Já o atacante Renato Kayzer, não foi inscrito para a competição e por enquanto fica de fora.

Sendo assim, o mistério fica por conta da lateral esquerda, sem Márcio Azevedo e Abner Vinícius, a tendência é um improviso na posição, Khellven que é destro, pode atuar no setor. No meio de campo, Lucho González deverá ser a novidade, na vaga de Léo Cittadini. E para o ataque, sem Kayzer, o Furacão poderá contar com a dupla Geuvânio e Carlos Eduardo, além de um Nikão como avançado ofensivo na direita.

Veja a lista de relacionados

Goleiros: Santos, Jandrei e Anderson;

Defensores: Felipe Aguilar, Lucas Halter e Zé Ivaldo; Léo Gomes e Khellven;

Meio de campo: Bruno Leite, Erick, Fernando Canesin, Jaime Alvarado, Richard e Lucho;

Ofensivos: Carlos Eduardo, Fabinho, Geuvânio, Guilherme Bissoli, Nikão, Pedrinho, Ravanelli e Walter.