Lucho González está com desconforto na panturrilha. (Geraldo Bubniak/AGB)

O técnico Tiago Nunes ainda não definiu a escalação do Athletico para enfrentar o Jorge Wilstermann, na próxima quarta-feira (24), às 19h15, em Cochabamba, pela Libertadores. O zagueiro Thiago Heleno e o volante Lucho González ainda serão avaliados para saber se terão condições de viajar para a Bolívia.

Durante a semana de treinamentos no CT do Caju, o treinador tem escalado o zagueiro Paulo André e o meia Léo Cittadini no time titular. Com a possibilidade de jogarem pela Libertadores, os dois não vão ser aproveitados por Rafael Guanaes na final do Campeonato Paranaense contra o Toledo.

Caso Thiago Heleno e Lucho González não joguem, o Athletico deve entrar em campo com Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho; Nikão, Bruno Guimarães, Léo Cittadini e Rony; Marco Ruben.

O Athletico é o líder do Grupo G, com nove pontos, e pode voltar da Bolívia com a classificação para as oitavas de final da Libertadores. Para isso, o Furacão precisa ganhar do Jorge Wilstermann. Em caso de empate ou derrota, o Rubro-Negro torce por um tropeço do Tolima contra o Boca Juniors.