Zé Ivaldo atuou em apenas duas partidas no Campeonato Paranaense 2020. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico ainda comemora o tricampeonato paranaense, conquistado diante do maior rival, com uma vitória construída nos acréscimos. Mas para o zagueiro Zé Ivaldo e o atacante Vitinho, o título tem um sabor especial. Do atual elenco, os atletas são os únicos que estavam presentes nas conquistas de 2018, 2019 e 2020.

Em 2018, o camisa 27 foi titular em boa parte da campanha. Naquele ano, o Furacão atuou com uma equipe de aspirantes e foi comandado por Tiago Nunes. No ano passado, o clube intercalou entre equipe titular e aspirantes, Zé Ivaldo atuou em sete partidas e não marcou nenhum gol. Nesta temporada, o defensor atuou em apenas duas oportunidades, na vitória diante do Rio Branco por 1 a 0, na Arena da Baixada e no empate diante do FC Cascavel em 0 a 0 pela semifinal.

Já o atacante, era reserva na equipe de 2018, entrou em algumas oportunidades. No ano seguinte, o camisa 28 foi titular em grande parte da campanha, o time era comandado pelo técnico Rafael Guanaes. Integrado ao time principal, o jogador de 21 anos é opção na equipe de Dorival Júnior e entrou nos dois jogos na final.

O jogador de 23 anos, recentemente renovou seu contrato com o Furacão até dezembro de 2021. O Athletico volta a campo no próximo sábado (08), às 19h diante do Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro.