Foto: Divulgação/Athletico

A desatenção nos minutos iniciais custou pontos ao Athletico na noite desta quarta-feira (11). O rubro-negro foi derrotado por 1×0 pelo Colo-Colo e perdeu sua primeira partida no grupo C da Copa Libertadores. O gol foi marcado por Mouche, de cabeça, aos dez minutos do primeiro tempo.

No momento do apito final, Jandrei tentou lançar o ataque athleticano, mas a bola acertou o árbitro Nicolas Gallo, que expulsou o goleiro, mesmo após o atleta tentar explicar que não houve intenção de acertar o juiz da partida.

Com o resultado, o Furacão está na na segunda colocação, com três pontos, mesma pontuação dos outros três clubes do grupo. Jorge Wilstermann é lider pelo saldo, enquanto Athletico e Penãrol desempatam pelo confronto direto. O último colocado é o Colo-Colo.

O rubro-negro volta a campo na próxima terça-feira (17), às 19h15, contra o Jorge Wilstermann, no Estádio Félix Capriles, na Bolívia.

O jogo

Por jogar em casa, o Colo-Colo começou atacando o Athletico no Estádio Monumental. O time rubro-negro tinha muita dificuldade para sair e era pressionado principalmente pelo lado direito.

Logo aos dez minutos, o time chileno abriu o placar. Bolados faz boa jogada na linha de fundo, cruza para área e Mouche empurra de cabeça para as redes. 1xo Colo-Colo.

O gol mexeu com o Athletico, que se viu obrigado a sair mais para o jogo. Aos dezoito, Carlos Eduardo tentou o chute de fora da área, mas foi travado pela defesa. Cinco minutos depois, após cruzamento na área, Thiago Heleno cabeceou no canto e a bola passou muito perto da trave.

Aos trinta e um minutos, Nikão assustou o time chileno. Meia entrou na área e arriscou o chute, mas o goleiro Cortés fez firme defesa. Cinco minutos ddepois, Carlos Eduardo chega na linha de fundo e cruza para Bissoli. O atacante bate ‘seco’ na bola e ela passa perto da trave esquerda da meta de Cortés.

Na segunda etapa, Dorival Júnior não promoveu nenhuma alteração e o time rubro-negro voltou melhor que o Colo-Colo. Márcio Azevedo e Adriano se posicionaram mais centralizados e participavam mais das jogadas no meio de campo.

Aos dezessete minutos, quase o segundo do Colo-Colo. Blandi recebe lançamento e chega sozinho na cara do goleiro Jandrei, mas chuta em cima do arqueiro athleticano. Três minutos depois, após falha de Robson Bambu, Léo Valencia arrisca da entrada da área, mas a bola passa perto do gol e vai para fora.

Nikão seguia seundo o jogador mais perigoso do Athletico no jogo. Marquinhos Gabriel cruza da esquerda e a bola chegou até o meia, mas Nikão chutou por cima do gol.

Na metade final do segundo tempo, o Colo-Colo abdicou de jogar ofensivamente e dava espaços para o Athletico, que teve as entradas de Jajá e Vitinho no ataque. Aos trinta e nove minutos, Léo Cittadini recebe da direita, entra na área e chuta para fora, desperdiçando boa chance de empate.

Nos acréscimos, após cobrança de escanteio da esquerda, Bissoli perde a chance de empatar debaixo do travessão.

FICHA TÉCNICA
COLO-COLO 1×0 ATHLETICO

Local: Estádio Monumental David Arellano, em Santiago (CHI).
Data: Quarta-feira, 11 de março de 2020.
Horário: 19h15.
Árbitro: Nicolas Gallo (COL).
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Wilmar Navarro (COL).

Colo-Colo: Cortés; Opazo, Campos, Insaurralde e Suazo; Fuentes, Carmona, Valencia e Mouche; Bolados (Véjar) e Blandi (Alarcon).
Técnico: Gualberto Jara.

Athletico: Jandrei; Adriano (Vitinho), Robson Bambu, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Erick e Léo Cittadini; Nikão, Guilherme Bissoli e Carlos Eduardo (Jajá).
Técnico: Dorival Júnior

Gols: Mouche (COL) aos dez minutos da primeira etapa.

Cartões amarelos: Carlos Eduardo e Márcio Azevedo (CAP); Felipe Campos e Opazo (COL).