O Athletico saiu derrotado da Ligga Arena na noite desta quarta-feira (3). O Furacão perdeu por 2×1 para o São Paulo, que não só saiu vitorioso da partida, mas também passou o Rubro-Negro na classificação do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time de Juca Antonello agora é o sexto colocado. Os atleticanos reclamaram muito da arbitragem de Alex Gomes Stefano, que expulsou Léo Linck. O tricolor paulista encerrou a série invicta de 21 partidas do Athletico jogando em seus domínios.

A próxima partida do Athletico pelo Campeonato Brasileiro será no domingo (7), às 18h30, diante do Atlético-GO, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Na semana que vem, mais um jogo na briga pelas primeiras colocações, na quarta-feira (10), às 19h, contra o Bahia, na Ligga Arena. E no sábado (13), às 18h, também na Baixada, tem a partida decisiva com o Ypiranga, pela Copa do Brasil. Já o São Paulo encara o Bragantino no sábado (6), às 21h, no Morumbis.

O jogo do Athletico

Diante de um adversário tecnicamente forte, o Athletico resolveu desacelerar o ritmo do jogo. Os donos da casa não queriam entrar na correria que Ferreira e Wellington Rato fazem. Assim, marcando muito e esperando a falha adversária, o Furacão teve uma grande chance com Zapelli. Mas era o São Paulo que pressionava. Léo Linck fez uma linda defesa no chute de Alisson. Os visitantes eram melhores e a torcida rubro-negra chiava. E o predomínio virou vantagem – aos 33 minutos, Calleri serviu Ferreirinha, que mandou uma bomba para abril o placar. Mas Fernandinho tirou um coelho da cartola para empatar o jogo quatro minutos mais tarde.

No segundo tempo, o Athletico passou a ter mais a posse de bola e jogar no campo do São Paulo. Julimar passou a ter mais espaço, mas o Furacão falhava na hora da definição das jogadas. E aí, no melhor momento rubro-negro, Esquivel e Thiago Heleno se atrapalharam e a bola sobrou para Calleri. Léo Linck defendeu a primeira, mas a sobra ficou para o argentino recolocar os visitantes na frente. Juca Antonello colocou Madson, Emersonn e Zé Vitor. Era a aposta na bola aérea. O nervosismo tomou conta do Furacão, e Léo Linck foi expulso após se desentender com Welington. E aí não foi possível buscar novamente o empate.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
1º Turno – 14ª Rodada

ATHLETICO 1×2 SÃO PAULO

Athletico
Léo Linck; Léo Godoy (Madson), Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel (Mycael); Fernandinho, Erick e Christian (Zé Vitor); Zapelli (Emersonn), Julimar (Di Yorio) e Pablo.
Técnico: Juca Antonello

São Paulo
Jandrei, Igor Vinícius (Diego Costa), Arboleda, Alan Franco e Welington (Juan); Luiz Gustavo, Alisson, Lucas (Patryck), Wellington Rato (Rodrigo Nestor) e Ferreira (André Silva); Calleri.
Técnico: Luís Zubeldía

Local: Ligga Arena
Árbitro: Alex Gomes Stefano (RJ)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (FIFA-MG)
Gols: Ferreira 33 e Fernandinho 37 do 1º; Calleri 16 do 2º
Cartões amarelos: Kaique Rocha (CAP); Calleri, Wellington (SP)
Cartões vermelhos: Léo Linck
Renda: R$ 1.415.365,00
Público total: 28.632

Athletico x São Paulo.
A confusão que acabou provocando a expulsão de Léo Linck. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico perde jogo e posição para o São Paulo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.