Após onze partidas, o técnico Juan Carlos Osorio encaminhou uma escalação de time titular. Apesar de gostar de ‘rodar o elenco’, tendo não só apenas os onze principais, mas um grupo maior pronto para atuar, o treinador esboçou nas últimas partidas sua equipe ideal. E mostrou que não deverá trabalhar com uma formação com três zagueiros de ofício, mesmo jogando no 3-5-2. Com isso, alguns jogadores perdem espaço. E um deles pode até deixar o clube.

O nome do zagueiro Pedro Henrique reapareceu no mercado da bola. Tentando reforçar o elenco e com ‘bala na agulha’, o Bahia estuda a contratação do jogador. Um dos clubes que mais investiu nesta temporada, o Tricolor, pertencente ao Grupo City, ainda não parou de contratar, e o nome do defensor do Athletico tem boa aceitação na comissão técnica liderada por Rogério Ceni.

No time de Juan Carlos Osorio, Pedro Henrique pode virar a terceira opção de zagueiro pela direita – ou, numa outra configuração, reserva imediato de Thiago Heleno como líbero. O desenho ideal da zaga do Athletico neste momento tem Madson ao lado do General e de Gamarra. O próprio treinador admitiu que jogadores como Fernando e Esquivel, laterais de origem, deverão disputar posição na linha defensiva, com o paraguaio.

Trajetória no Athletico

Pedro Henrique, 28 anos, está na sua sexta temporada no Athletico. Em 2019, veio ao Furacão por empréstimo do Corinthians. E a partir do ano seguinte assinou contrato com o clube. Em 185 jogos com a camisa rubro-negra, marcou três gols e deu quatro assistências. Foi titular absoluto nos últimos quatro anos. Ficou marcado pela expulsão na final da Libertadores de 2022, contra o Flamengo.

Pedro Henrique, do Athletico.
Pedro Henrique não é titular com Juan Carlos Osorio. Foto: José Tramontin/CAP

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Reserva com Osorio, zagueiro do Athletico pode deixar o clube

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.