Dellatorre marcou o único gol do confronto entre Athletico e Grêmio em 2013. (Gustavo Oliveira/Athletico)

Athletico começa nesta quarta-feira (14), às 21h30, o confronto da semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio. Os dois times já se enfrentaram pela mesma fase na edição de 2013 e quem garantiu a vaga na final foi o Furacão. Seis anos depois, a expectativa do Rubro-Negro é sair mais uma vez vitorioso para continuar sonhando com um título que ainda não tem em sua galeria.

O primeiro jogo da semifinal de 2013 aconteceu no dia 30 de outubro, na Vila Capanema (a Arena da Baixada estava em reforma para a Copa do Mundo de 2014). Com o apoio de mais de 15 mil torcedores, o Furacão abriu vantagem com uma vitória por 1 a 0.

Na partida em Curitiba, o técnico Vagner Mancini escalou o Athletico com Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Deivid, Zezinho, Everton e Paulo Baier; Dellatorre e Ederson. João Paulo, Fran Mérida e Ciro entraram durante o jogo.

O gol da vitória rubro-negra foi marcado pelo atacante Dellatorre aos 36 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento de Léo, Dellatorre levou a melhor sobre a marcação e cabeceou no canto direito, sem chances para Dida.

Ouça o gol da vitória na narração de Caio Júnior

Já a partida de volta teve muita pressão do Grêmio, que contou com o apoio da torcida na Arena, mas o Athletico teve uma noite memorável no setor defensivo e segurou o empate em 0 a 0. O resultado levou o Furacão para a final da Copa do Brasil pela primeira vez na história.

Autor do gol da vitória na ida, Dellatorre ficou no banco para a entrada de Marcelo Cirino. Essa foi a única mudança do técnico Vagner Mancini do jogo da ida para a volta. Durante o jogo em Porto Alegre, Renato Chaves, João Paulo e o próprio Dellatorre entraram.

Ouça os instantes finais da partida com a narração de Paulo Sérgio