O melhor jogo do Campeonato Brasileiro reuniu Athletico e Flamengo neste domingo (16), na Ligga Arena. Com dois gols nos acréscimos do segundo tempo, os rubro-negros empataram em 1×1, num jogo em que o Furacão reclamou muito da arbitragem de Anderson Daronco, em especial pelo gol carioca ter saído após os acréscimos dados pelo gaúcho. O jogo iria até os 52 minutos, mas o Fla marcou aos 53.

A sequência do Athletico no Brasileirão segue pesada. Nesta quarta-feira (19), o desafio é contra o Botafogo, às 19h, no Engenhão. Depois, o Furacão tem o Corinthians, domingo (23), às 16h, na Ligga Arena. Já o Flamengo volta a campo na quinta (20), diante do Bahia, às 20h, no Maracanã. Furacão, Mengo, Bota e Bahia disputam as primeiras posições do Campeonato Brasileiro.

O jogo do Athletico

Com Madson e Felipinho como novidades, o Athletico buscava impedir o Flamengo de jogar, bloqueando o meio-campo para que a bola não chegasse a Pedro. Mas o Furacão também atacava, principalmente com Nikão, explorando a improvisação de Léo Pereira na lateral-esquerda. Foi o camisa 11 quem fez Rossi trabalhar pela primeira vez. A partida era muito disputada, com os times alternando momentos de domínio. Mas, a rigor, nem o argentino nem Léo Linck precisaram fazer grandes intervenções. Os dois rubro-negros se respeitavam muito.

Cuello entrou já no início do segundo tempo, para dar mais velocidade ao Athletico. Mas a chance mais clara foi de Madson, após passe de Christian. O lateral ficou na cara de Rossi, mas se embolou e chutou por cima. O jogo continuava equilibrado quando Gabriel entrou aos 21 minutos. Era a cartada do Flamengo. Ele até marcou, mas o lance foi impugnado por impedimento. Foi a senha para partida ganhar em emoção. Até Julimar chutar e David Luiz desviar com o braço. Fernandinho cobrou o pênalti e levou ao delírio os mais de 38 mil torcedores na Baixada. Mas já aos 53 minutos Evertton deixou tudo igual, para revolta dos atleticanos.

Ficha técnica

BRASILEIRÃO
1º Turno – 9ª Rodada

ATHLETICO 1×1 FLAMENGO

Athletico
Léo Linck; Madson, Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel (Fernando); Erick, Fernandinho, Felipinho (Cuello) e Christian (Zapelli); Nikão (Pablo) e Mastriani (Julimar).
Técnico: Cuca

Flamengo
Rossi, Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Léo Pereira; Léo Ortiz (Evertton), Gerson e Lorran (Gabriel); Luiz Araújo, Bruno Henrique (Vitor Hugo) e Pedro.
Técnico: Tite

Local: Ligga Arena
Árbitro: Anderson Daronco (FIFA-RS)
Assistentes: Tiago Augusto Kappes Diel (RS) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Daiane Muniz (FIFA-SP)
Gols: Fernandinho 46 e Evertton 53 do 2º
Cartões amarelos: Pablo (FLA); Vitor Hugo, Gerson (FLA)
Renda: R$ 2.336.565,00
Público total: 38.641

Athletico x Flamengo.
David Luiz e Fernandinho em alta intensidade. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Em grande jogo, Athletico e Flamengo empatam na Arena lotada

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.