O auxiliar Daniel Cerqueira admitiu que o elenco do Athletico sentiu o gol sofrido nos instantes finais diante do Botafogo, no Engenhão. Nesta quarta-feira (19), o Furacão vencia até os 53 minutos do segundo tempo, mas pelo segundo jogo consecutivo permitiu o empate no último lance da partida. O vacilo custou ao Rubro-Negro a oportunidade de dormir na liderança do Campeonato Brasileiro, de forma isolada.

“Parabenizar o grupo pelo jogo, entrega, aplicação, pelo respeito que tiveram conosco. Dói, todo mundo sai machucado, o vestiário é um vestiário onde todos sentem. Detalhes nos tiraram dois pontos nossos, mas vamos correr atrás e dar a volta por cima já no domingo”, lamentou. Cerqueira comandou o Athletico à beira do gramado nas ausências de Cuca e Cuquinha, expulsos contra o Flamengo.

Na visão do auxiliar, a comissão técnica traçou uma grande estratégia para a partida e o Athletico foi amplamente superior. “A gente fez uma partida esplêndida, muita aplicação tática dos atletas, estratégia brilhante, jogo de transição, sabendo o que o Botafogo tem de dificuldade e de qualidade. Tivemos bastantes oportunidades e pouco sofremos. Talvez o Jhon tenha sido um dos melhores em campo”, continuou.

Athletico volta a sofrer com bola parada

O gol de empate do Botafogo saiu após uma cobrança de escanteio, assim como contra o Flamengo, no último domingo. Apesar disso, Cerqueira negou que as bolas paradas sejam uma fragilidade do Athletico. “Os trabalhos do Cuca, historicamente, têm como ponto forte as bolas paradas, tanto ofensiva quanto defensiva. Treinamos exaustivamente, mas fatalidades acontecem. Eu chamo de fatalidade. É difícil encontrar uma explicação lógica, duas situações em menos de 72 horas. Pode ter certeza que por falta de treino não é”, explicou.

O próximo jogo do Athletico é contra o Corinthiansneste domingo (23), às 16h, na Ligga Arena, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terá cobertura total da Banda B, com narração de Marcelo Ortiz, comentários de Irapitan Costa e reportagens de Vinicius Bittencourt e Gabriel Ortiz. A transmissão começa a partir das 14h, com o Bola na Mesa. Acompanhe a partida pelo AM 550, pelo FM 79.3no nosso aplicativo, nas redes sociais e pelo nosso canal no YouTube.

Daniel Cerqueira, auxiliar do Athletico.
Daniel Cerqueira comandou o time no Rio de Janeiro. Foto: José Tramontin/athletico.com.br

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

“Saímos machucados”, lamenta auxiliar do Athletico após mais um gol sofrido no fim

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.