Assim que a demissão de Juan Carlos Osorio foi definida, a diretoria do Athletico já passou a buscar um substituto. Só que, com a temporada em andamento, e na reta final dos estaduais, as opções no mercado são poucas. Mas o nome de Cuca apareceu rapidamente.

Ainda no domingo (3), o presidente Mario Celso Petraglia e Cuca conversaram por telefone e as duas partes ficaram próximas de um acerto. Uma reunião nesta segunda-feira (4) deve definir os detalhes e firmar o acordo.

Sem clube desde que se desligou do Corinthians, em abril do ano passado, o treinador é um desejo antigo do presidente Mario Celso Petraglia, que já tentou trazê-lo em outras oportunidades, mas sempre ouviu um não como resposta. A última delas no ano passado, quando Paulo Turra foi demitido. Um dos argumentos usados por Cuca em todas as vezes é o fato de ser torcedor atleticano e não querer ser criticado pela própria torcida.

Cuca no Athletico

O que pode ser favorável para o acerto desta vez é a polêmica em que o técnico se envolveu na acusação de estupro na Suíça, em 1987. Foi isso, inclusive, que pesou no seu pedido de demissão do Corinthians e um não acerto com o Furacão em 2023. Ele utilizou todo o segundo semestre para provar ser inocente e, em janeiro, viu o Tribunal de Berna anular a sentença.

Porém, toda a história divide opiniões, principalmente de torcedores. Alguns preferem deixar os problemas extracampo de lado, enquanto outros não o querem em seus times justamente por esse fato. Agora, com portas abertas no Rubro-Negro e com respaldo da diretoria, desta vez o negócio tem chances de ser concretizado.

Plano B é um multicampeão do Athletico

Caso, por alguma motivo, Cuca não acerte, um nome especulado é o de Tiago Nunes, que comandou o Athletico entre 2018 e 2019 e, neste período, conquistou o Campeonato Paranaense e a Sul-Americana, em 2018, e a Copa do Brasil e a Levain Cup, em 2019.

Aos 43 anos, o técnico está em baixa no mercado, após ter sido demitido do Botafogo em meio à disputa da Libertadores e vir de trabalhos não tão bons em Corinthians, Grêmio, Ceará e Sporting Cristal, do Peru. No time gaúcho, ainda foi campeão gaúcho, em 2021.

Só que, se Cuca tem prestígio com Petraglia, o mesmo não pode se dizer de Tiago Nunes, que saiu brigado com o presidente quando optou trocar o Furacão pelo Corinthians. Mesmo assim, sempre é um pedido dos torcedores em todas as trocas no comando.

Possível técnico do Athletico, Cuca trabalhou no Corinthians
Cuca está sem clube desde abril do ano passado, quando deixou o Corinthians. Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico trabalha rápido e Cuca será anunciado como substituto de Osorio

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.