O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) conseguiu, por meio de uma ação civil pública, a condenação do Athletico pela briga generalizada de torcedores no jogo contra o Vasco, em dezembro de 2013, na Arena Joinville. O Furacão terá que pagar uma indenização de R$ 300 mil pela batalha campal, que deixou dez presos e outras pessoas gravemente feridas.

Além do Athletico, a Fanáticos, principal torcida organizada rubro-negra, e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também precisarão pagar uma multa de R$ 300 mil. O MPSC irá destinar os recursos das indenizações ao Fundo de Restituição de Bens Lesados (FRBL) do estado. Segundo o órgão, o Furacão não adotou as medidas de segurança necessárias dentro do estádio e deixou o serviço apenas com o policiamento.

Organizada do Athletico também punida

O MPSC ainda reforçou que o Athletico recebeu a informação antes do jogo de que era preciso reforçar a segurança no estádio. Além disso, o órgão pontuou que o clube permitiu a utilização do espaço para a torcida visitante acima do autorizado. Durante a confusão, vários torcedores da organizada foram pegos em flagrante e encaminhados à delegacias de Joinville. Assim, a Fanáticos terá que pegar uma indenização por danos morais.

“A participação da torcida organizada é inconteste, pois parte dos torcedores envolvidos na briga foram responsáveis diretos pelo episódio violento, o qual acarretou a prisão em flagrante de vários torcedores”, diz um trecho da ação. Em relação à CBF, o MPSC destacou a responsabilidade da entidade como organizadora do evento. Todas as partes condenadas podem recorrer da decisão.

A briga

Athletico x Vasco se enfrentaram pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013. O Furacão venceu o jogo por 5×1, resultado que decretou o rebaixamento do clube carioca à Série B. A partir ocorreu em Joinville devido a uma outra punição que impedia o Rubro-Negro de atuar na Baixada. Durante o jogo, torcedores trocaram agressões, incluindo arremesso de cadeiras, e a partida ficou paralisada por mais de uma hora. As cenas de barbárie repercutiram mundialmente.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico, organizada e CBF são condenados pela “Batalha de Joinville”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.