Cuca não é mais técnico do Athletico. Na manhã desta segunda (24), uma reunião com a diretoria sacramentou o surpreendente desligamento do treinador. O profissional não gostou da reação da torcida depois do empate com o Corinthians e deixou o cargo à disposição durante a sua entrevista coletiva. A conversa realizada há pouco no CAT do Caju foi só para deixar tudo em pratos limpos. Dela participaram Cuca, Márcio Lara, André Mazzuco e Alexandre Leitão. Mário Celso Petraglia não esteve no CT, mas foi quem decidiu o rumo da prosa.

Depois da partida deste domingo (23), membros da Fanáticos, principal torcida organizada do Athletico, chegaram a invadir a zona mista da Ligga Arena. Os torcedores discutiram com dirigentes rubro-negros, em especial com o CEO Márcio Lara, e dispararam ofensas contra os profissionais. Em um vídeo publicado pela CazéTV, no momento da invasão, inclusive, é possível ver Cuca fazendo gestos de que estaria “indo embora” do Furacão quando cobrado pelos invasores.

Durante a entrevista coletiva, Cuca assumiu a culpa pelas vitórias que o Athletico deixou escapar nos últimos jogos e disse que avaliaria o que é melhor para o Furacão. “A torcida achou ruim comigo hoje (domingo), ela sabe o que tá fazendo… Então, vamos lá, vamos conversar com o pessoal, ver o que é melhor para o Athletico e depois a gente fala”, disse o técnico, que prosseguiu. “Se acontece isso, a culpa é do treinador. Então, quando vem o barulho da arquibancada, o questionamento… Quando não vem o resultado, temos que ver o que é melhor pro clube, o ano do centenário, que ainda pode ter conquistas. De repente a saída do treinador cria um ânimo novo“, finalizou o treinador rubro-negro.

Cuca deixa o Athletico precocemente

Contratado no início de março para substituir Juan Carlos Osório, Cuca deixa o Athletico após 22 jogos. Ao todo, foram 14 vitórias, três empates e cinco derrotas sob o comando rubro-negro. Nesse curto período, ele comandou a equipe na conquista do Campeonato Paranaense, mas teve alguns resultados tratados como vexame, como a classificação em segundo lugar no grupo da Sul-Americana. No Brasileirão, o técnico deixa o Furacão na quinta posição, com 19 pontos somados em 11 rodadas.

Agora, o Athletico volta o olhar para o mercado em busca de treinador. Em meio ao ano de seu centenário, o Furacão investiu a maior quantia de sua história em contratações e ainda conta a disputa do Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana. Enquanto não há novidades em relação a um novo comandante, o auxiliar Juca Antonello deve comandar a equipe no jogo contra o Cruzeiro, nesta quarta-feira (26).

Cuca deixa o cargo no Athletico.
Treinador deixa o a cargo após o empate com o Corinthians. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Cuca não é mais técnico do Athletico

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.