Athletico joga a primeira partida em casa na final da Copa do Brasil. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico inicia a disputa da final da Copa do Brasil contra o Internacional nesta quarta-feira (11), às 21h30, na Arena da Baixada. A partida de volta acontece no dia 18, também às 21h30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Essa é a segunda vez que o Athletico chega à decisão da Copa do Brasil. Em 2013, o Furacão decidiu a competição contra o Flamengo, mas ficou com o vice-campeonato. Após empate por 1 a 1, na Vila Capanema, já que a Arena da Baixada estava em reforma para a Copa do Mundo, o time carioca venceu no Maracanã por 2 a 0.

A expectativa dentro e fora de campo é que o resultado seja diferente na decisão. Para isso, o técnico Tiago Nunes vai manter a base que eliminou o Grêmio, com a manutenção do jovem Khellven na lateral-direita e Robson Bambu na zaga. Os dois foram muito elogiados e mantiveram suas posições. Já o zagueiro Léo Pereira retorna ao time titular após cumprir suspensão automática.

Sem muito mistério, o Athletico deve jogar com Santos; Khellven, Léo Pereira, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellington; Nikão, Bruno Guimarães, Léo Cittadini e Rony; Marco Ruben.

O adversário

O Internacional, campeão em 1992, busca o segundo título da Copa do Brasil e o primeiro do século em nível nacional. Com força máxima em campo, o técnico Odair Hellmann deve escalar a equipe gaúcha com Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, D’Alessandro e Nico López; Paolo Guerrero.

Os pendurados

Os meias Bruno Guimarães e Lucho González e o atacante Rony estão pendurados no lado do Athletico e ficam de fora do jogo de volta se receberem cartão amarelo. Já no Internacional, os atacantes Nico López e Rafael Sóbis estão com dois cartões amarelos.

Outras notícias da final

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO X INTERNACIONAL

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: Quarta-feira, 11 de setembro de 2019.
Horário: 21h30.
Árbitro: Raphael Claus (FIFA-SP).
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA-RJ) e Neuza Inês Back (FIFA-SP).
Árbitro de vídeo:
Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP).
Assistentes de vídeo:
Caio Max Augusto Vieira (RN) e Fabrício Porfirio de Moura (SP).