O goleiro Bento, do Athletico, reforçou o seu desejo de atuar no futebol europeu. Agora com a camisa da Seleção Brasileira, o arqueiro, que completou 25 anos nesta segunda-feira (11), falou sobre a possibilidade de se transferir para o velho continente na próxima janela. Convocado pelo técnico Dorival Júnior, ele vai disputar a Copa América e briga pela posição de titular do Brasil com Alisson e Rafael.

“Tenho o desejo, sim (jogar na Europa). Acho que é o sonho de todo jogador. Os melhores jogadores do mundo estão na Europa e isso quer dizer que lá é o melhor do mundo. Espero logo poder atuar em um palco europeu”, disse Bento, em entrevista coletiva. O goleiro entrou ainda mais na mira do exterior depois das boas atuações nos amistosos contra Inglaterra e Espanha, quando foi titular. O Athletico, inclusive, sabe que será difícil segurar o arqueiro depois da Copa América.

“Aumentou o assédio. Impossível não mudar isso, principalmente pela boa imagem que eu deixei. Foram dois grandes amistosos, contra duas grandes seleções e a responsabilidade aumentou mais ainda no meu clube. Goleiro de Seleção tem que representar a altura. Espero seguir um grande trabalho, goleiro tem que manter a regularidade. A responsabilidade aumentou e estou gostando”, continuou o atleta do Athletico.

Athletico deve vender o goleiro em breve

Uma das principais interessadas no goleiro é a Inter de Milão. O clube italiano já manifestou em diferentes oportunidades o desejo de contar com Bento a partir da próxima temporada europeia. O Athletico, no entanto, sinalizou que só aceitará uma proposta na casa dos 20 milhões de euros (cerca de R$ 115 milhões). Assim, a tendência é que o Furacão volte a receber ofertas a partir da reabertura da janela europeia, prevista para esta semana.

Caso o Athletico conclua uma venda durante a Copa América, é provável que Bento não volte a vestir a camisa rubro-negra. O goleiro, inclusive, já falou em tom de despedida antes de apresentar à Seleção para a Copa América. Além da Inter de Milão, ele também está na mira do futebol inglês e português. “Se chegar uma proposta, vou pensar com carinho no meu futuro. É jogando que você consegue estar na Seleção, e se eu for para a Europa espero continuar jogando e representando a Seleção”, concluiu.

Confira outros trechos da entrevista coletiva de Bento:

Relação com Alisson

“Fico meio receoso de perguntar. É a segunda oportunidade que eu tenho de trabalhar com ele. Tenho um pouco de vergonha, não é todo dia que a gente vê um ídolo assim pertinho. Vou me soltando aos poucos, conversando aos poucos, já falamos sobre família também. E a experiência eu posso pegar no dia a dia, treinamentos. Posso perguntar, falar alguma coisa e aproveitar ao máximo esse momento. É um ídolo para mim, uso de espelho e espero trilhar os passos dele aqui na Seleção também.”

Jogar com os pés

“Já vem de muitos anos esse trabalho específico com os goleiros. O futebol mudou, evoluiu e toda equipe exige que o goleiro trabalhe com os pés. No Athletico não é diferente, Manchester City é um exemplo, Liverpool, o Rafael também joga assim no São Paulo. Aqui, fazemos um trabalho integrado do Dorival e do Taffarel para atividades específicas.”

Aniversário

“Comemorar o aniversário na Seleção é um presente. Realizo um sonho por estar aqui, disputar uma Copa América e fico feliz. Claro que você fica longe da família, mas no futebol é natural e o pessoal está bem acostumado. Aqui eu me senti acolhido. O Bento de 25 anos vai dar o melhor nos treinamentos, se condicionar da melhor forma e se isso vai me colocar como titular, é decisão do professor Dorival.”

Bento, goleiro do Athletico e da Seleção.
Goleiro está no Estados Unidos com a Seleção. Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico: Bento volta a manifestar desejo de jogar na Europa

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.