Arena da Baixada pode receber a final da Libertadores. (Geraldo Bubniak/AGB)

A Arena da Baixada, em Curitiba, é candidata a receber as finais da Libertadores e da Sul-Americana entre 2021 e 2023. A informação foi publicada pela Conmebol através de seu site oficial.

Além da Arena da Baixada, o Beira-Rio, em Porto Alegre, a Arena Corinthians e o Morumbi, ambos em São Paulo, são os estádios brasileiros na briga para receber a final da Libertadores de 2021. Para as edições de 2022 e 2023, os mesmos estádios se candidataram e ganharam ainda a concorrência no Brasil do Maracanã, no Rio de Janeiro, palco da decisão de 2020.

Em relação às finais da Sul-Americana de 2021 a 2023, a disputa da Arena da Baixada é com outros cinco estádios apenas no Brasil: Mané Garrincha, em Brasília; Arena Castelão, em Fortaleza; Beira-Rio, em Porto Alegre; Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata; Maracanã, no Rio de Janeiro; e Arena Fonte Nova, em Salvador.

O estádio do Athletico já recebeu uma vez a final da Sul-Americana. Na última vez que a final da competição internacional foi disputada em dois jogos, a Arena da Baixada recebeu o jogo do título do Furacão contra o Júnior Barranquilla, da Colômbia. Depois do empate em 1 a 1 nos dois jogos, o Rubro-Negro levou a melhor nos pênaltis.

Confira os candidatos

Libertadores 2021

La Bombonera – Buenos Aires (ARG)
Monumental de Nuñez – Buenos Aires (ARG)
Libertadores da América – Buenos Aires (ARG)
Presidente Perón – Buenos Aires (ARG)
Mario Alberto Kempes – Córdoba (ARG)
Arena da Baixada – Curitiba
Beira-Rio – Porto Alegre
Arena Corinthians – São Paulo
Morumbi – São Paulo
Nacional – Santiago (CHI)
Monumental Banco Pichincha – Guayaquil (EQU)

Libertadores 2022

La Bombonera – Buenos Aires (ARG)
Monumental de Nuñez – Buenos Aires (ARG)
Libertadores da América – Buenos Aires (ARG)
Presidente Perón – Buenos Aires (ARG)
Mario Alberto Kempes – Córdoba (ARG)
Arena da Baixada – Curitiba
Beira-Rio – Porto Alegre
Arena Corinthians – São Paulo
Morumbi – São Paulo
Maracanã – Rio de Janeiro
Nacional – Santiago (CHI)
Nacional – Lima (PER)
Monumental – Lima (PER)
Centenário – Montevidéu (URU)
Monumental Banco Pichincha – Guayaquil (EQU)

Libertadores 2023

La Bombonera – Buenos Aires (ARG)
Monumental de Nuñez – Buenos Aires (ARG)
Libertadores da América – Buenos Aires (ARG)
Presidente Perón – Buenos Aires (ARG)
Mario Alberto Kempes – Córdoba (ARG)
Arena da Baixada – Curitiba
Beira-Rio – Porto Alegre
Arena Corinthians – São Paulo
Morumbi – São Paulo
Maracanã – Rio de Janeiro
Nacional – Santiago (CHI)
Nacional – Lima (PER)
Monumental – Lima (PER)
Metropolitano Roberto Meléndez – Barranquilla (COL)
Atanasio Girardot – Medellín (COL)
Monumental Banco Pichincha – Guayaquil (EQU)

Sul-Americana 2021

La Bombonera – Buenos Aires (ARG)
Monumental de Nuñez – Buenos Aires (ARG)
Nuevo Gasometro – Buenos Aires (ARG)
Libertadores da América – Buenos Aires (ARG)
Presidente Perón – Buenos Aires (ARG)
Único – Santiago del Estero (ARG)
Arena da Baixada – Curitiba
Mané Garrincha – Brasília
Arena Castelão – Fortaleza
Beira-Rio – Porto Alegre
Arena Pernambuco – São Lourenço da Mata
Maracanã – Rio de Janeiro
Arena Fonte Nova – Salvador
Nacional – Santiago (CHI)
Rodrigo Paz Delgado – Quito (EQU)

Sul-Americana 2022

La Bombonera – Buenos Aires (ARG)
Monumental de Nuñez – Buenos Aires (ARG)
Nuevo Gasometro – Buenos Aires (ARG)
Libertadores da América – Buenos Aires (ARG)
Presidente Perón – Buenos Aires (ARG)
Único – Santiago del Estero (ARG)
Arena da Baixada – Curitiba
Mané Garrincha – Brasília
Arena Castelão – Fortaleza
Beira-Rio – Porto Alegre
Arena Pernambuco – São Lourenço da Mata
Maracanã – Rio de Janeiro
Arena Fonte Nova – Salvador
Nacional – Santiago (CHI)
Rodrigo Paz Delgado – Quito (EQU)
Nacional – Lima (PER)
Monumental – Lima (PER)

Sul-Americana 2023

La Bombonera – Buenos Aires (ARG)
Monumental de Nuñez – Buenos Aires (ARG)
Nuevo Gasometro – Buenos Aires (ARG)
Libertadores da América – Buenos Aires (ARG)
Presidente Perón – Buenos Aires (ARG)
Único – Santiago del Estero (ARG)
Arena da Baixada – Curitiba
Mané Garrincha – Brasília
Arena Castelão – Fortaleza
Beira-Rio – Porto Alegre
Arena Pernambuco – São Lourenço da Mata
Maracanã – Rio de Janeiro
Arena Fonte Nova – Salvador
Nacional – Santiago (CHI)
Rodrigo Paz Delgado – Quito (EQU)
Nacional – Lima (PER)
Monumental – Lima (PER)
Atanasio Girardot – Medellin (COL)