Camacho volta de suspensão por doping no jogo contra o Goiás. (Miguel Locatelli/Athletico)

O volante Camacho estará novamente à disposição do Athletico para a partida contra o Goiás, no próximo domingo (27), às 16h, na Arena da Baixada. A punição do jogador pelo caso de doping acaba nesta quarta-feira (23), mas o técnico Tiago Nunes não garante o retorno já na próxima rodada do Brasileirão.

“O meu desejo é que o Camacho jogue domingo, até pelo tempo de parada que ele teve. Agora, outros jogadores estão muito bem. Ele era titular naquela ocasião, mas o Wellington hoje é um expoente do time. Vamos ver nos treinamentos e com a comissão técnica. Ele vai jogar. Não vai iniciar provavelmente contra o Goiás, talvez no próximo jogo. Mas o meu desejo é que ele jogue, até por tudo que ele passou”, afirmou Tiago Nunes.

Assim como Thiago Heleno, Camacho foi suspenso por seis meses por ingerir a substância chamada higenamina, proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês). O jogador foi pego no doping na partida contra o Jorge Wilstermann, no dia 24 de abril, pela Libertadores. Ele também foi flagrado no jogo seguinte diante do Vasco, no dia 28 de abril, pelo Brasileirão.

Sem Camacho, que era titular até a suspensão, Tiago Nunes optou por Wellington para jogar como primeiro volante. O camisa 5 se tornou uma das principais peças no título inédito da Copa do Brasil e ainda é o atual capitão da equipe rubro-negra.

Assista à entrevista do técnico Tiago Nunes