Eduardo Barros comanda o Athletico na partida da Libertadores. (Maurício Mano/Athletico)

Foram seis meses de paralisação e a Libertadores retorna nesta terça-feira (15). O Athletico volta à competição na partida contra o Jorge Wilstermann, às 19h15, no estádio Felix Capriles, em Cochabamba, na Bolívia, pela terceira rodada da fase de grupos.

O jogo entre Athletico e Jorge Wilstermann estava marcado para o dia 17 de março, mas foi adiado devido à pandemia da Covid-19. A última partida do Rubro-Negro antes da suspensão da Libertadores foi em 11 de março, quando foi para o Chile e perdeu para o Colo-Colo por 1 a 0.

Como está o grupo?

Athletico, Jorge Wilstermann, Colo-Colo e Peñarol têm três pontos, com uma vitória e uma derrota. A liderança é da equipe boliviana por ter um saldo melhor que os adversários. Já Athletico e Peñarol dividem a segunda colocação, enquanto o Colo-Colo é o único com saldo negativo.

Provável escalação

Para a partida, o técnico Eduardo Barros não vai contar com três jogadores titulares: o zagueiro Thiago Heleno tem uma pré-disposição genética sanguínea que pode ser prejudicial à saúde em jogos em altitudes elevadas, e o meia Léo Cittadini e o atacante Nikão sofreram uma entorse no tornozelo.

O Athletico deve entrar em campo com Santos; Jonathan, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Wellington, Erick e Christian; Geuvânio, Guilherme Bissoli e Fabinho.

O adversário

O Jorge Wilstermann é uma das equipes da Libertadores que ainda não disputou nenhuma partida desde a suspensão do futebol em março. O ‘Aviador’ jogou pela última vez no dia 14 de março, quando empatou com o Bolívar em 1 a 1, pelo Campeonato Boliviano.

No período sem jogos, o Jorge Wilstermann contratou o goleiro Ojeda, que estava na segunda divisão da Argentina, e o atacante Patito Rodríguez, que já jogou pelo Santos. A única saída foi do atacante brasileiro Hugo Borges, que pertence ao Corinthians, mas não entrou em campo no período em que esteve na Bolívia.

O técnico Cristían Díaz deve escalar o ‘Aviador’ com Arnaldo Giménez; Esteban Orfano, Edward Zenteno, Ismael Benegas e Juan Pablo Aponte; Carlos Melgar, Leonel Justiniano e Cristian Chávez; Patito Rodríguez, Serginho e Gilbert Álvarez.

FICHA TÉCNICA
JORGE WILSTERMANN X ATHLETICO

Local: Estádio Felix Capriles, em Cochabamba (BOL).
Data: 
Terça-feira, 15 de setembro de 2020.
Horário:
19h15 (horário de Brasília).
Árbitro: 
Angelo Hermosilla (FIFA – CHI)
Assistentes: 
Alejandro Molina (FIFA – CHI) e Claudio Urrutia (FIFA – CHI).