Tiago Nunes tem uma nova proposta em mãos para ficar no Athletico. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico fez uma nova proposta para seguir com o técnico Tiago Nunes. Em reunião que contou com a presença de Mário Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo, e Paulo André, diretor de futebol, o Rubro-Negro propôs salário maior que o atual, contrato até dezembro de 2021 e multa contratual para deixar o clube. O treinador vai dar a resposta ainda nesta semana.

Em meio à negociação para renovar com o Athletico, Tiago Nunes também está na mira do Corinthians. O clube paulista ofereceu contrato somente até dezembro de 2020, pois tem eleições no final do ano que vem, mas um salário maior do que o técnico recebe no Furacão.

Tiago Nunes teve uma conversa inicial em outubro com Márcio Lara, vice-presidente, e Paulo André, diretor de futebol, onde o Athletico demonstrou o interesse na permanência do treinador. Uma segunda reunião foi realizada na semana passada, mas não evoluiu por pedido de Petraglia, que queria estar à frente do assunto. A negociação avançou depois que o dirigente rubro-negro deixou o hospital no último domingo (03).

Além disso, o próprio treinador deu o prazo para definir o futuro. “Não conversei com o presidente [Mário Celso Petraglia]. Tivemos uma conversa prévia com Márcio [Lara] e Paulo [André], que encaminharam algumas situações. Mesmo assim foi interrompido a pedido do próprio presidente para que ele tomasse frente desse assunto”, disse. “A minha situação agora é diferente, o que o clube e os jogadores fizeram me oportunizaram estar no mercado. Desejo definir minha situação até a próxima semana, espero o Athletico até a próxima semana. Caso contrário, vou ouvir outros clubes. Mas eu vou cumprir meu contrato até dia 08 de dezembro”, explicou, em entrevista após a partida com o CSA, no domingo.