Foto: Monique Vilela/Banda B

O assunto ‘Tiago Nunes’ ainda foi muito comentando na noite de ontem (6), na Arena. Após o primeiro jogo sem o técnico, e com o comando de Eduardo Barros, o Athletico não saiu do empate contra o Cruzeiro, em casa, por 0x0. Após a partida, o lateral direito Madson falou sobre a saída do técnico, após quase dois anos no comando do Furacão.

“Recebemos a notícia com um pouco de tristeza, porque o Tiago fez um grande trabalho. Nós escutávamos e líamos os boatos na Internet, mas todo mundo tinha a esperança de que ele continuasse. Fomos pegos de surpresa, mas é a vida. Isso no futebol acontece muito, a mudança de treinador e jogador é constante. O Tiago é o maior técnico da história do clube, mas já passou. Hoje, ele não faz mais parte do plantel do Athletico e agora é o trabalho do Eduardo. Esperamos o mais rápido possível assimilar seus ensinamentos para que ele também faça um bom trabalho no clube”, afirmou o atleta em entrevista coletiva após a partida.

Madson também elogiou o desempenho da equipe na noite de ontem: mesmo sem a vitória, o rubro-negro foi melhor que o Cruzeiro durante a maior parte do jogo. “Mais uma vez uma excelente partida, os números comprovam isso. ‘Amassamos’ o Cruzeiro, mas infelizmente o gol não saiu. O goleiro Fábio estava em uma noite inspirada”, relatou à imprensa. “É lógico que a frustração fica porque a equipe jogou para conseguir a vitória, mas já precisamos pensar em domingo, contra o São Paulo”, analisou.

Sobre o novo comandante, Eduardo Barros, sobraram elogios do lateral direito, que pertence ao Grêmio, emprestado ao Athletico nesta temporada. “O Eduardo sempre acompanhava os nossos treinamentos. O conceito de jogo é igual [ao de Tiago Nunes], com muita intensidade forte e pressão no adversário. Vamos tentar assimilar o mais rápido possível, para que na próxima semana trabalhemos bem contra São Paulo e o Botafogo”, completou.