Max Verstappen. (Divulgação/Fórmula 1)

Depois de levar a melhor nos últimos dois treinos livres na sexta-feira, a Mercedes foi superada neste sábado, na última atividade antes da definição do grid do GP de Sakhir. O holandês Max Verstappen desbancou Valtteri Bottas e fez o melhor tempo do fim de semana até aqui, ao anotar 54s064.

O piloto da Red Bull foi 0s206 mais veloz que Bottas, o segundo colocado. Ele assumiu a liderança a menos de dez minutos do fim da sessão, com o melhor tempo do fim de semana. Antes, o holandês reclamou bastante do tráfego, mas, ironicamente, rodou sem que tivesse sido atrapalhado, quando não estava perto de ninguém, na saída da curva 2. Os pneus foram danificados, mas o piloto não bateu.

O finlandês dessa vez superou George Russell, substituto de Lewis Hamilton na Mercedes e que havia liderado as últimas duas sessões. O britânico foi apenas o sétimo colocado. Surpresa do treino, o francês Pierre Gasly fez o terceiro melhor tempo com a AlphaTauri, ao marcar 54s427.

Já o brasileiro Pietro Fittipaldi, que corre na Haas no lugar do francês Romain Grosjean, este que se recupera das queimaduras nas mãos após o grave acidente no Bahrein, terminou na 19ª colocação, à frente do outro estreante do fim de semana, Jack Aitken, da Williams. O neto do bicampeão Emerson fez o tempo de 55s666 e novamente usou o treino para ganhar quilometragem.

Primeiro a ir à pista, ele deu 11 voltas nos primeiros 15 minutos, chegou a ver o pneu dianteiro direito travar, mas não teve problemas e continuou na disputa. Porém, como teve diversos componentes do carro trocados, o brasileiro foi punido e vai largar na última posição.

O francês Esteban Ocon (54s453), da Renault, ficou com a quarta posição, seguido do jovem britânico Lando Norris (54s606), da McLaren, completando os cinco primeiros. Atrás deles apareceu o tailandês Alexander Albon (54s629), parceiro de Verstappen na Red Bull.

A Racing Point conseguiu a oitava e nona colocações, com o mexicano Sergio Pérez (54s678) à frente do canadense Lance Stroll (54s693). O espanhol Carlos Sainz Jr (54s720), da McLaren, fechou o top 10 no treino no autódromo de Sakhir.

Em mais um vexame da Ferrari, Charles Leclerc e Sebastian Vettel ficaram apenas em 13º e 15º lugares, respectivamente. Para piorar, os motores dos dois carros terão de ser trocados antes da classificação.

Os pilotos voltam à pista do Bahrein neste sábado às 14 horas para a definição do grid do GP de Sakhir. No domingo, a largada da penúltima corrida da temporada está marcada para 14h10.