Por Pedro Melo 

Teliana Pereira ganhou seu segundo título de WTA na carreira. (Cristiano Andujar/Brasil Tennis Cup)Teliana Pereira ganhou seu segundo título de WTA na carreira. (Cristiano Andujar/Brasil Tennis Cup)

Teliana Pereira conquistou o título do WTA de Florianópolis no último final de semana e com os 280 pontos conquistados pela campanha, ela subiu 30 posições no ranking e agora é a número 48 do mundo, a terceira melhor colocação da história do país atrás somente de Maria Esther Bueno e Niege Dias.

No começo da temporada, a brasileira estava fora do top 100, mas em abril, ela venceu o ITF de Medellín e o WTA de Bogotá e subiu para a 81ª colocação. Depois de chegar as oitavas em dois torneios de saibro na Europa e vencer uma partida em Roland Garros, a brasileira não passou da estreia de Wimbledon, mas logo retornou ao seu piso preferido e conquistou o título em terras brasileiras.

A pernambucana radicada em Curitiba afirmou que ficou emocionada quando olhou a atualização do ranking da WTA e que estar entre as 50 melhores do mundo é a realização de um sonho. “Confesso que me emocionei bastante quando acordei e vi o ranking. Não imaginava chegar tão rápido. Era um objetivo e um sonho terminar entre as 50. Fico muito feliz de ter alcançado essa marca em agosto. Agora tenho mais tranquilidade para continuar trabalhando”, contou.

Para Teliana, as ótimas campanhas durante a temporada são frutos da evolução de seu trabalho. “Mantivemos o trabalho, mas sempre melhorando alguma coisa. Foquei muito na parte técnica e tática. Passei a ter uma fisioterapeuta todos os dias comigo em Curitiba e a ter um segundo treinador aqui, o Caio de Brito, junto ao meu irmão Renato”, disse.

Depois do título, a brasileira descansa até o final de semana quando volta a treinar em Curitiba prensando nos torneios americanos disputados em quadra. A próxima missão é no WTA de New Haven, em 23/08, e depois no US Open, na semana seguinte. “Quero continuar tendo bons resultados, fazer boas campanhas nos Grand Slams e subir ainda mais no ranking, sempre agradecendo a minha equipe, meus patrocinadores, família, amigos e todas as pessoas que acompanham a minha carreira, torcem por mim e me mandam mensagens”, finalizou.