Por Pedro Melo 

Teliana Pereira joga a semifinal nesta sexta. (Cristiano Andujar/Brasil Tennis Cup)Teliana Pereira joga a semifinal nesta sexta. (Cristiano Andujar/Brasil Tennis Cup)

A brasileira Teliana Pereira continua em grande fase e avançou para as semifinais do WTA de Florianópolis depois de derrotar a alemã Laura Siegemund, número 128 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 7-5, em 1h55min de partida.

Depois de uma estreia muito complicada, a brasileira teve duas vitórias em sets diretos e destacou a evolução mental para o crescimento dentro de quadra. “Com certeza estou evoluindo. Não só o jogo, mas mentalmente. No primeiro jogo estava muito irritada. Ontem, já foi bem melhor. Hoje era uma jogadora dura, sabia que mentalmente que me manter e consegui. Não pode vacilar com essas jogadoras. Na verdade, fico mais feliz por estar mentalmente melhor. Se você está bem mentalmente, o jogo vai acompanhar, o fisico também”, disse.

É a quarta vez que a pernambucana radicada em Curitiba alcança à semifinal de uma competição da WTA. Em 2013, em Bogotá, e em 2014, no Rio Open, parou nesta fase, mas neste ano, novamente em Bogotá, foi para a decisão e conquistou o maior título de sua carreira.

Em busca de uma decisão na final, Teliana enfrenta a letã Anastasija Sevastova, que derrotou a espanhola Maria Teresa Torró-Flor por 7-6 (7-4) e 6-4, em 1h40. O confronto entre as duas será inédito. “Nunca joguei contra ela, mas já a conheço há bastante tempo. Ela teve bastante problemas com lesões, mas sempre jogou bem. Meu irmão [Renato Pereira] vai observar alguns jogos dela e conversar comigo. Ela não tem nada a perder, mas eu também não tenho. Carlo que quero ganhar, mas vou entrar bastante tranquila e desfrutar do momento”, comentou a brasileira.