Campeã de Wimbledon, tenista espanhola venceu e garantiu vaga na semifinal (Divulgação/Brisbane International)

Duas das principais tenistas da temporada, a espanhola Garbiñe Muguruza e a checa Karolina Pliskova precisaram de três sets para vencerem seus jogos em Cincinnati, nesta sexta-feira. Campeã de Wimbledon, Muguruza foi quem mais sofreu no torneio norte-americano. Permaneceu em quadra por 2h45min para superar a experiente russa Svetlana Kuznetsova por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 5/7 e 7/5.

O triunfo garantiu a tenista da Espanha, 6ª do ranking, nas semifinais. Sua próxima adversária vai sair justamente do confronto entre Pliskova e a dinamarquesa Caroline Wozniacki. A checa, atual número 1 do mundo, tem um jogo atrasado na programação por causa da chuva que adiou seguidas partidas ao longo da semana.

Assim como sua futura adversária, Muguruza deverá entrar em quadra com considerável desgaste físico. Antes de vencer o duelo desta sexta em 2h45min, ela ficou 2h18min em quadra na noite passada para vencer a local Madison Keys, quando salvou três match points. A espanhola vem buscando seu primeiro título após Wimbledon. Parou na semifinal em Stanford e nas quartas em Toronto.

Pliskova, por sua vez, venceu o primeiro de dois duelos nesta sexta. Ainda pelas oitavas de final, a líder do ranking oscilou no serviço, principalmente no segundo set, mas bateu a italiana Camila Giorgi com direito a um “pneu” no terceiro set: 6/3, 4/6 e 6/0.

Nas quartas, ela terá pela frente Caroline Wozniacki, numa revanche após derrota para a rival dinamarquesa nas quartas em Toronto. No retrospecto, Wozniacki também leva a melhor, com cinco triunfos, contra apenas dois de Pliskova. A checa, porém, faturou as duas vitórias nesta temporada.

Além do triunfo, a número 1 do mundo também comemorou nesta sexta a derrota da ucraniana Elina Svitolina, uma das duas tenistas que ainda podiam tirá-la do topo na próxima atualização do ranking. Svitolina foi eliminada pela alemã Julia Görges por 7/5 e 6/4. A próxima adversária da ucraniana vai sair do confronto entre a russa Ekaterina Makarova e a local Sloane Stephens.

Pliskova, contudo, ainda pode perder a liderança na próxima atualização. Atual campeã, ela precisa faturar o bicampeonato em Cincinnati para assegurar a primeira colocação. Se não conseguir, terá que torcer contra a romena Simona Halep, atual número dois do mundo. Halep assume a ponta se for campeã ou mesmo se for finalista, em caso de queda da checa nas quartas.