Teliana Pereira ao lado dos treinadores Francis Roig e Léo Azevedo. (Reprodução/Instagram)

Curitiba receberá entre os dias 17 e 25 de fevereiro a etapa do Circuito Feminino de Tênis, no Graciosa Country Club. A grande novidade será o retorno da brasileira Teliana Pereira, que disputou a competição no ano passado, às quadras após oito meses.

Em 2017, Teliana caiu ainda na primeira rodada do ITF de Curitiba ao perder da jovem russa Anastasia Potapova. A pernambucana encerrou a temporada precocemente em junho para se dedicar a projetos pessoais e retornou às quadras no começo do ano para realizar os treinamentos na academia BTT, em Barcelona, onde trabalhou até com Francis Roig, um dos técnicos de Rafael Nadal.

“Essas semanas aqui em Barcelona estão sendo muito especiais para mim. É uma nova estrutura, estou aprendendo muito na parte técnica e física e esses dias ainda tive a oportunidade de estar em quadra com o Francis Roig. Ele deu toques importantes. São muito observadores. Está sendo uma experiência nova pra mim e estou muito motivada”, comentou a brasileira.

O ITF de Curitiba contará com a presença de atletas de 15 países. As principais tenistas inscritas na chave principal são a colombiana Mariana Duque-Mariño, ex-top 70, e a espanhola Sílvia Soler-Espinosa, que já foi número 54 do mundo em simples e 39, em duplas.

“Ano passado tivemos as campeãs de Roland Garros e Wimbledon no juvenil fazendo a final. O Circuito Feminino de Tênis tem esse viés de trazer novas promessas e jogadoras que já estiveram entre as melhores do mundo”, declarou o idealizador do Circuito, o ex-tenista Ricardo Camargo, em entrevista à Banda B.

A competição acontece nas quadras de saibro do Graciosa Country Club, com entrada gratuita para o público em todos os dias do evento.