Duque de Caxias conquistou o título. (Divulgação)

A equipe brasileira de Punhobol Clube Duque de Caxias venceu no último fim de semana o Campeonato Mundial Interclubes e se tornou o único time hexacampeão do mundo. A disputa contra a equipe alemã TSV Dennach foi de 4 sets 2, com parciais de 11-07, 08-11, 11-03, 10-12, 11-09 e 15-13. Apesar da forte chuva que caiu após o terceiro set, a equipe Duque de Caxias conseguiu se manter firme para garantir a vitória no disputado sexto set, e levou o terceiro título consecutivo para casa. A batedora Tatiane Schneider foi decisiva para a vitória, assim como o reforço alemão da atleta Stephanie Dannecher.

O público também manteve-se firme apesar do clima chuvoso. A final feminina fechou os jogos de 2017, que teve também a equipe brasileira masculina Sogipa, de Porto Alegre, como campeões na disputa masculina contra os também alemães do TSV Pfungstadt. Esta foi a quinta vez que o Brasil foi sede do mundial.

Sobre o Punhobol

O punhobol é um esporte coletivo, precursor do vôlei. É jogado em campo de grama, no qual cinco jogadores de cada lado permanecem em suas posições, sem rodízio. São dois batedores, duas defesas e um levantador. É muito praticado na Europa, em especial países como Alemanha, Áustria e Suíça – centros de excelência neste esporte. No Brasil, sua prática está localizada no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, em especial devido à forte influência da colonização europeia. Atualmente, cerca de 500 atletas praticam o punhobol no Brasil.

A nível mundial, o esporte é dirigido pela IFA (Confederação Internacional de Faustball), presidida por Karl Weiss, da Áustria. Em novembro passado, data na qual o Mundial de Seleções Feminina foi sediado no Clube Duque de Caxias, representantes do Comitê Olímpico Internacional estiveram presentes para avaliar a organização, com possibilidade de apresentação do esporte como candidato para futuros Jogos Olímpicos. A modalidade é praticada nos cinco continentes, e tem cerca de 65 confederações organizadas em atividade no mundo.

Equipe Clube Duque de Caxias

Tatiane Schneider – batedora

Cristiane Huaska – batedora

Stephanie Dannecher – batedora

Ângela Mello – levantadora

Luciane Teilo – levantadora

Cecília Vianna – defesa

Fernanda Passos – defesa

Rejane Sinhori – defesa

Marília Karwowski – defesa

Flávia Bueno – defesa

Técnico: Diogo Comin

Auxiliar técnico: Allan Vinicius