Finalistas do Prêmio Brasil Olímpico. (Divulgação/COB)
Com novidade na lista, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta quarta-feira os atletas, tanto no masculino como no feminino, que concorrerão ao troféu de Melhor Atleta do Ano do Prêmio Brasil Olímpico 2018. Pela primeira vez, Pedro Barros, maior destaque do skate nacional, está na briga pelo título. Os vencedores serão anunciados na cerimônia marcada para o dia 18 de dezembro no Teatro Bradesco, no Rio de Janeiro. Os ganhadores de 2017 foram o tenista Marcelo Melo e a judoca Mayra Aguiar.

Entre os homens, Pedro Barros, campeão neste mês do Mundial de Park, na China, terá como concorrentes o surfista Gabriel Medina, que está perto de conquistar o seu segundo título no Circuito Mundial, e Isaquias Queiroz, maior nome da canoagem velocidade que ganhou três medalhas (uma de ouro) no Mundial deste ano em Portugal.

A disputa entre as mulheres será entre a nadadora Ana Marcela Cunha, tetracampeã do Circuito Mundial de Maratonas Aquáticas; Ana Sátila, jovem promessa que ficou na sexta colocação no Mundial de Canoagem Slalom no Rio de Janeiro; e Marta, que entrou de vez para a história do futebol ao vencer o seu sexto prêmio de melhor jogadora do mundo da Fifa.

“O Prêmio Brasil Olímpico chega à sua 20.ª edição homenageando o melhor do esporte brasileiro, tanto do presente quanto do passado. Tenho certeza de que será uma grande festa em homenagem aos atletas, técnicos e aos diversos agentes que fazem com que as vitórias nas principais competições internacionais e a escolha de brasileiros como melhores do mundo em suas modalidades sejam uma constante nesses últimos anos”, disse Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COB. “Nada mais justo do que celebrar as conquistas desses atletas que tanto nos inspiram”, completou.

O COB anunciou também o nome dos 51 melhores atletas em cada modalidade esportiva. Já os atletas que concorrerão ao prêmio Atleta da Torcida serão revelados no próximo dia 25, um domingo, durante o programa Esporte Espetacular, da TV Globo. A escolha do Atleta da Torcida será feita pelo público, em votação pela Internet.

A escolha dos melhores atletas em cada modalidade, assim como os atletas que concorrem ao Troféu de Melhor Atleta do Ano, foi realizada por um júri formado por jornalistas, dirigentes, ex-atletas e personalidades do esporte.

Oscar do esporte brasileiro, o Prêmio Brasil Olímpico terá ainda outras categorias: Melhor Técnico Individual e Coletivo, Troféu Adhemar Ferreira da Silva, e Melhores Atletas nos Jogos Escolares da Juventude.

Conheça os vencedores em cada modalidade do Prêmio Brasil Olímpico 2018:

Atletismo – Darlan Romani

Badminton – Ygor Coelho

Basquete – Yago Mateus

Basquete 3×3 – Luiz Felipe Soriani

Beisebol – Felipe Burin

Boxe – Beatriz Ferreira

Canoagem Slalom – Ana Sátila

Canoagem Velocidade – Isaquias Queiroz

Caratê – Vinicius Figueira

Ciclismo BMX (Freestyle) – Leandro Neto

Ciclismo BMX (Racing) – Anderson Ezequiel de Souza Filho (Andinho)

Ciclismo Estrada – Vinicius Rangel Costa

Ciclismo Mountain Bike – Henrique Avancini

Ciclismo Pista – Kacio Fonseca da Silva Freitas

Desportos na Neve – Jaqueline Mourão

Desportos no Gelo – Isadora Williams

Escalada Esportiva – Thais Makino Shiraiwa

Esgrima – Alexandre Camargo

Futebol – Marta

Ginástica Artística – Arthur Zanetti

Ginástica Trampolim – Camilla Gomes

Ginástica Rítmica – Natália Gaudio

Golfe – Luiza Altmann

Handebol – Eduarda Amorim

Hipismo adestramento – João Victor Oliva

Hipismo CCE – Márcio Carvalho Jorge

Hipismo saltos – Pedro Veniss

Hóquei sobre grama – Rodrigo Faustino

Judô – Érika Miranda

Levantamento de pesos – Fernando Saraiva Reis

Maratona Aquática – Ana Marcela Cunha

Nado Artístico – Maria Clara Lobo

Natação – Revezamento (Pedro Spajari/Gabriel Santos/Marcelo Chierighini/Marco Antonio Ferreira Junior)

Pentatlo moderno – Maria Iêda Guimarães

Polo Aquático – Gustavo Guimarães

Remo – Uncas Tales Batista

Rúgbi – Bianca dos Santos Silva

Saltos Ornamentais – Ingrid de Oliveira

Skate – Pedro Barros

Softbol – Fernanda Ayumi Missaki

Surfe – Gabriel Medina

Tae kwon do – Edival Pontes (Netinho)

Tênis – Marcelo Melo

Tênis de mesa – Hugo Calderano

Tiro com arco – Marcus Vinícius D´Almeida

Tiro esportivo – Julio Almeida

Triatlo – Manoel Messias

Vela – Martine Grael e Kahena Kunze

Vôlei – Douglas Souza

Vôlei de praia – Agatha/Duda

Wrestling – Laís Oliveira