Miranda avaliou momento da seleção brasileira (Lucas Figueiredo/CBF)

O técnico Tite promoveu uma renovação na seleção brasileira após a última Copa do Mundo, mas um dos veteranos remanescentes é o zagueiro Miranda. Aos 34 anos, o jogador da Inter de Milão acredita que poderá estar no próximo Mundial, em 2022, no Catar, mas vê com bons olhos o processo de rejuvenescimento promovido pelo treinador.

“É importante essa chegada de novos jogadores, essa mescla com alguns remanescentes. Serve como aprendizado, experiência para os novos, e nós conseguimos manter um nível, um padrão muito elevado. Então, acho que tendo em vista todos esses argumentos, no final o Tite vai decidir e esperamos que seja por quem estiver melhor, independentemente da idade”, declarou neste domingo.

Titular na Copa do Mundo, Miranda foi reserva no amistoso diante da Arábia Saudita, mas deve voltar a compor o miolo de zaga com Marquinhos no confronto diante da Argentina, na próxima terça-feira, em Jeddah. E o veterano não poupou elogios ao seu jovem companheiro, de 24 anos.

“O Marquinhos tem um talento muito grande, apesar de ser jovem. Joga competições e jogos importantes, é muito experiente. Nossa dupla dá certo porque conversamos bastante e nos entendemos em campo, ele lidera a defesa também, apesar da juventude. Nosso entrosamento é muito bom e esperamos que continue assim”, apontou.

O experiente jogador também fez uma análise do que espera no confronto diante da Argentina, que também passa por uma reconstrução e não contará com nomes de peso, como Lionel Messi, Agüero e Di María. Mesmo sem estes jogadores, porém, Miranda apostou em uma partida bastante disputada, até pela rivalidade entre os países.

“Todo jogo contra a Argentina é diferente, tem dimensão muito grande, e sabemos o que envolve. Nossa seleção se preparou bem, esperamos fazer um grande jogo”, afirmou. “É sempre diferente um Brasil x Argentina, independentemente de ter Messi ou não. Há uma rivalidade, o gosto maior de vencer a Argentina. Nós sabemos o que representa esse jogo, temos que fazer nosso melhor para fazermos um grande jogo e merecer vencer.”

Tite fechou o treino tático realizado neste domingo, mas deve levar o Brasil a campo na terça com: Alisson; Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Casemiro, Fred (Arthur), Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar; Roberto Firmino.