Philippe Coutinho deve desfalcar a seleção brasileira. (Victor Salgado/FCB)
O Barcelona confirmou que Philippe Coutinho sofreu uma pequena ruptura do músculo bíceps femoral da perna esquerda e ficará afastado dos gramados de duas a três semanas. Com o resultado dos exames, divulgados nesta quinta-feira, o jogador vai perder os dois próximos amistosos da seleção brasileira, contra Camarões e Uruguai, respectivamente nos dias 16 e 20 de novembro, em Londres.

O brasileiro sofreu a lesão durante o empate com a Inter de Milão, por 1 a 1, na terça-feira, em jogo válido pelo Grupo B da Liga dos Campeões. O meia foi decisivo no confronto e deu a assistência no gol marcado por Malcom, aos 37 minutos do segundo tempo.

Com o prazo de recuperação dado pelo clube catalão, Coutinho ficará de fora de dois compromissos do Campeonato Espanhol, contra Betis e Atlético de Madrid, e deve perder ao menos um jogo da Liga dos Campeões, diante do PSV.

Segundo a imprensa espanhola, Ousmane Dembélé e Malcom brigam pela vaga de titular na equipe de Ernesto Valverde. Quem está recuperado da lesão no cotovelo e pode reforçar o Barcelona no domingo é o argentino Lionel Messi, que foi desfalque nos últimos cinco compromissos da equipe.

Mesmo com problemas de lesões nesta primeira metade da temporada europeia, o Barcelona lidera o ‘grupo da morte’ da Liga dos Campeões e está na ponta do Campeonato Espanhol, no qual volta a atuar neste domingo, contra o Betis, em casa.