Cuca não deve continuar no Santos em 2019. (Divulgação/SFC)

O técnico Cuca provavelmente não permanecerá no Santos em 2019. E o motivo é médico. O treinador precisará passar por uma cirurgia cardíaca depois de sofrer um princípio de enfarte. Nesta quarta-feira, após o empate por 1 a 1 com o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro, ele evitou entrar em detalhes, mas admitiu o problema de saúde.

“Tenho um problema de saúde, que provavelmente vai me tirar do Santos para eu poder tratar. Mas não era para ter falado”, declarou, insatisfeito com a postura do presidente José Carlos Peres, que revelou que o treinador tinha um problema de saúde em entrevista ao canal Bandsports na última terça-feira.

Cuca sofreu o princípio de enfarte há dois meses, na derrota para o Cruzeiro por 2 a 1, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Submetido a exames, o treinador teve diagnosticada a necessidade de passar por uma cirurgia, o que deve acontecer após o término da competição.

Antes mesmo deste problema de saúde, porém, Cuca já havia dado indícios de insatisfação com a postura de Peres, que poderia tirá-lo do Santos em 2019. E ao falar sobre o planejamento do clube para o ano que vem, o treinador mais uma vez mostrou não estar na mesma sintonia da diretoria.

“Tenho conversado bastante com o Peres. Depois do jogo com o América-MG, ficamos mais de uma hora falando. Vamos esperar acabar da melhor forma possível o ano, fazendo o melhor que a gente pode, já planejando o ano que vem. Sou funcionário do Santos, esta é minha obrigação, ganho para isso. Se me consultarem, me perguntarem, vou fazer de coração aberto. Mas não sou eu que tenho que fazer as coisas sozinho”, afirmou.