Adilson Batista foi demitido após derrota para o Paraná (Geraldo Bubniak/AGB)

A vitória do Paraná sobre o América-MG, por 1 a 0, neste sábado (10), pelo Brasileirão, foi o estopim para a passagem do técnico Adilson Batista no time mineiro. Sem vencer há 10 jogos, o treinador paranaense foi demitido pela diretoria do Coelho logo após a partida.

“Adilson Batista não é mais o técnico do América. O clube agradece ao treinador pelos serviços prestados e deseja sucesso no prosseguimento de sua carreira”, publicou o América-MG em sua conta oficial do Twitter.

No clube desde julho, Adilson comandou o Coelho em 19 partidas, com quatro vitórias, oito empates e sete derrotas, com um aproveitamento de 35%. O último triunfo foi há dois meses, no dia 9 de setembro, quando bateu o Vasco por 2 a 1.

A partida marcou o reencontro do Paraná com as vitórias no Brasileirão. Curiosamente, a última vez que o Tricolor havia vencido tinha sido contra o próprio América-MG, por 1 a 0, na Vila Capanema, no primeiro turno. Na ocasião, a diretoria do Coelho demitiu Ricardo Drubsky.

Com 38 pontos, o time mineiro está na 18ª colocação e pode terminar a rodada na vice-lanterna do Brasileiro. Na próxima rodada, o confronto será contra o Internacional em Porto Alegre.