Neymar teve volta descartada para o Barcelona. (Lucas Figueiredo/CBF)
O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, parece ter colocado um ponto final da possibilidade de contratar Neymar. “Não voltará, nem está previsto que volte”, respondeu prontamente nesta segunda-feira o mandatário do clube catalão ao ser questionado sobre o brasileiro em entrevista para o programa El Matí da Catalunya Rádio.

O próprio Neymar usou as suas redes sociais neste fim de semana para desmentir os rumores sobre o seu possível retorno à Espanha Em um vídeo, o atacante do Paris Saint-Germain mostrava imagens de capas de jornais com um “carimbo” de “fake news”.

Na última semana, o jornal catalão Mundo Deportivo disse que o astro estaria arrependido de sua transferência após o Paris Saint-Germain fracassar na última edição da Liga dos Campeões da Europa, caindo para o Real Madrid nas oitavas de final, e também por ter ficado fora da lista de 10 jogadores para o prêmio da Fifa de melhor do mundo. Além disso, ele também estaria incomodado por estar na sombra de Mbappé, que foi campeão mundial com a seleção francesa.

“Não houve qualquer chamada, reunião ou contato. Não gostamos que jogadores paguem suas cláusulas de rescisão”, reforçou Bartomeu, demonstrando que o clube não aceitou muito bem a forma como o brasileiro conduziu a negociação em 2017, simplesmente pagando a multa de 222 milhões de euros (R$ 821 milhões na cotação da época) e não abrindo espaço para uma contraproposta.

SEM REFORÇOS – O presidente do Barcelona também disse que não existem planos para contratações na abertura da janela de transferências, em janeiro. “Não estão previstas contratações. Montamos um elenco menor, já que contávamos com os jogadores do time B para cobrir baixas da equipe principal”.