Por Pedro Melo 

Thiago Pereira perdeu a medalha de ouro. (Divulgação/CBDA)Thiago Pereira perdeu a medalha de ouro. (Divulgação/CBDA)

O sexto dia de competições dos Jogos Pan-Americanos foram de mais medalhas para o Brasil, novamente com a natação sendo o grande destaque. Entretanto, o principal fato aconteceu com Thiago Pereira, também nas piscinas, que venceu a prova dos 400 metros medley, mas foi desclassificado logo após o final da prova.

Thiago realizou um movimento errado, tocando com apenas uma mão no momento da virada do peito para o crawl. Com isso, o nadador brasileiro perdeu a chance de igualar o recorde de ex-ginasta cubano Érick Lopez, que ganhou 22 medalhas, e é o maior medalhista da história do Pan-Americano, e terá uma novamente oportunidade no próximo sábado (18) na prova dos 200m medley e revezamento 4x100m medley.

Quem se beneficiou com a eliminação de Thiago Pereira foi o jovem brasileiro Brandonn Almeida, de 18 anos, que terminou em segundo, mas ficou com o ouro. Quem também ganhou medalha foi Joanna Maranhão, que ficou em quarto lugar também nos 400 metros medley, mas contou com a desclassificação da canadense Emily Overholt para ficar com o bronze.

As outras medalhas do dia foram com a prata da equipe 4×200 feminina na natação, o ouro histórido de Joice Silva na categoria até 58 kg e o bronze com Davi Albino na categoria 98 kg na luta olímpica e Flavio Vagner Cipriano, Kacio Fonseca da Silva Freitas e Hugo Vasconcellos Osteti foram os grandes responsáveis pela primeira conquista brasileira no ciclismo com o bronze no ciclismo de velocidade.

Nos esportes coletivos, o dia foi de vitória para as meninas do vôlei e handebol e para os meninos do futebol, porém com derrota no basquete feminino. No vôlei, a estreia contra Porto Rico foi mais complicada que o esperado, mas o triunfo veio por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 28/26, 25/17, 24/26 e 15/10, no handebol, o primeiro jogo também foi contra as porto-riquenhas e a equipe brasileira ganhou por 38 a 21 e no futebol, mais uma vitória tranquila por 4 a 0 sobre o Peru. Já no basquete, a meninas tentaram até o fim, mas perderam para os Estados Unidos por 75 a 69.