Schürlle. (Reprodução/Twitter/Federação Alemã)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – André Schürlle, 29, se tornou um ex-jogador de futebol. Depois de rescindir seu contrato com o Borussia Dortmund, o atacante afirmou não se sentir mais realizado no esporte e anunciou uma aposentadoria precoce.

Campeão mundial com a Alemanha em 2014, ele teve participação relevante na vitória por 7 a 1 de sua seleção sobre o Brasil, na semifinal da Copa, em Belo Horizonte. Foram dele os dois gols anotados pelos visitantes no segundo tempo.

Schürrle substituiu Klose aos 12 minutos da etapa final, com o triunfo alemão já assegurado, mas quis deixar sua marca. Com duas conclusões precisas na grande área, contribuiu para a construção do histórico placar.

O atleta encerra sua carreira com passagens por Mainz, Bayer Leverkusen, Chelsea, Wolfsburg, Borussia Dortmund, Fulham e Spartak Moscou.

“A decisão foi amadurecendo dentro de mim por um bom tempo. Eu não preciso mais de aplausos”, afirmou Schürrle em uma entrevista à revista Spiegel na qual relatou se sentir sozinho no futebol e ter momentos de tristeza.