Usain Bolt marcou seus primeiros gols como jogador de futebol. (Divulgação/Central Coast Mariners)

O ex-velocista e lenda do atletismo Usain Bolt, que iniciou uma carreira no futebol, mostrou-se surpreendido nesta segunda-feira por ser chamado a fazer um exame de controle antidoping após marcar dois gols em mais um amistoso pela equipe australiana do Central Coast Mariners, na última sexta, contra o Macarthur South West United.

“Por que é que devo passar por um controle antidopagem se nem sequer assinei contrato por nenhum clube?”, questionou-se Usain Bolt, em vídeo publicado em uma rede social, em que mostra o requerimento para efetuar os testes. Segundo o atleta, a pessoa que lhe entregou o pedido de exame disse ele era “um atleta de elite e que, então, tinha que ser controlado”. Bolt respondeu: “Muito bem, OK”.

O recordista mundial e olímpico dos 100 e 200 metros, de 32 anos, treina desde agosto na Austrália e passa por testes no Central Coast Mariners. Apesar dos dois gols marcados, ainda não é certo que Bolt disputará a liga profissional da Austrália. O acordo inicial prevê a participação do jamaicano apenas na pré-temporada.

“Vamos nos reunir, discutir e ver se queremos seguir em frente e o que eu preciso fazer e como fazer isso. Para mim, estou dando um passo de cada vez e quero me esforçar para ver até onde posso ir”, disse o jamaicano.

A temporada australiana começa no próximo domingo e a estreia do Central Coast Mariners será contra o Brisbane Roar.