Da Redação

jogadores2Neto, Jackson e Alan sobreviveram ao acidente. (Fotos: Divulgação)

O estado de saúde dos três jogadores da Chapecoense sobreviventes do acidente aéreo que matou 75 pessoas na Colômbia, é gravíssimo. De acordo com detalhes repassados pela Clínica San Juan de Dios ao canal colombiano “Telemedellín”, o zagueiro Neto está sendo preparado para uma cirurgia, já que sofreu traumatismo craniano, além de ferimentos no abdômen e no tórax.

Já o goleiro Jackson Follmann teve uma das pernas amputadas em decorrência do acidente, de acordo com o SporTV. O lateral Alan Ruschel, terceiro jogador sobrevivente do acidente, chegou à clínica com diversas fraturas, foi estabilizado e passou por uma cirurgia. As informações dão conta de que ele sofreu fratura na coluna vertebral e pode ficar paraplégico.

O goleiro Danilo chegou a ser resgatado do local, mas não resistiu e acabou morrendo. Não há detalhes, no entanto, sobre os estados de saúde dos comissários Ximena Suárez e Erwin Tumiri, que também sobreviveram ao acidente. A princípio, eles não correriam riscos. A situação do jornalista Rafael Henzel também é desconhecida.

O avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia caiu na madrugada desta terça-feira nas proximidades de Medellín, pouco antes de checar ao seu destino. Entre os passageiros estavam 22 jogadores do time catarinense, além de 22 jornalistas.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Jogadores da Chapecoense resgatados após queda de avião estão em estado grave; goleiro teve perna amputada

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.