O Atlético conseguiu manter o tabu de seis anos e venceu o Paraná Clube por 1×0 neste domingo (07), na Vila Capanema. O resultado deixa o Furacão na vice-liderança do Campeonato Paranaense, a sete pontos do líder Coritiba. A partida foi marcada pelas polêmicas da arbitragem.

O primeiro tempo de Paraná x Atlético foi agitado, com reclamações com a arbitragem e muita discussão. O gol do Furacão foi marcado por Bruno Mineiro, aos 22 minutos do primeiro tempo, em jogada de Chico – que se aproveitou de uma irregularidade para levar vantagem sobre Diego Correia. O calor obrigou a arbitragem a interromper o jogo para uma parada técnica.

Na segunda etapa, mais reclamações – o Paraná pediu pênalti em Marcelo Toscano no início do tempo, mas aos 29 a penalidade foi marcada (lance novamente duvidoso). Ao reclamar, Valencia foi expulso. A chance de empate foi desperdiçada por Marcelo Toscano, que tentou a paradinha, mas acabou acertando a trave.

A derrota deixa o Tricolor na nona colocação, fora do grupo de classificados para a segunda fase do Paranaense.

Agora, os dois times encaram a Copa do Brasil: o Paraná contra o Cerâmica, quarta-feira (11), em Porto Alegre (RS); e o Atlético contra o Vilhena, também na quarta, em Rondônia. A Banda B transmite os dois jogos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Furacão vence Paraná e sonha com o Supermando

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.