Jogos preparatórios da Seleção Brasileira Feminina Principal (Mariana Sá/CBF)

Nesta terça-feira (1), a Seleção Brasileira Feminina volta a jogar com o Equador, no Estádio do Morumbi, às 21h30, pelas partidas preparatórias da equipe brasileira. O duelo será o último compromisso da equipe de Pia Sundhage em 2020 e pode contar com novidades na escalação e deve mostrar novos testes e propostas da técnica.

No primeiro jogo com o Equador, Pia Sundhage estreou três novas jogadoras na Seleção Principal, as meias Duda e Valéria, e a atacante Nycole. Até agora a técnica já viu em campo 46 atletas, das 66 convocadas.

No retorno às atividades após a paralisação do futebol por conta da pandemia, a comissão contou com 24 atletas que atuam no Brasil. Em outubro, foi a vez de convocar 24 atletas que atuam na Europa, Estados Unidos e China, para treinos em Portimão, em Portugal.

No primeiro encontro, na última sexta-feira (27), na Neo Química Arena, o Brasil goleou por 6 a 0 as equatorianas. A ideia é fechar o ano com mais uma vitória e uma boa preparação do elenco feminino da Seleção Brasileira.

Novo uniforme

A seleção feminina estreou contra o Equador o novo uniforme, sem as estrelas das Copas do Mundo conquistadas pela equipe masculina. O objetivo é promover e valorizar as próprias vitórias da seleção feminina, que luta por igualdade e espaço no futebol mundial para ganhar mais representatividade e equiparação.