Copa América no Brasil terá dois convidados. (Divulgação)

A Conmebol solicitou à Fifa o adiamento do início das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. A medida se deve ao avanço do coronavírus. A prerrogativa de adiar ou não as partidas cabe à entidade máxima do futebol mundial, conforme informou a Conmebol à reportagem.

Em ofício encaminhado à Fifa nesta quarta (11), a confederação sul-americana argumenta que não seria possível garantir a logística adequada para a apresentação das equipes. Há alguns países com restrições para entrada de estrangeiros, sobretudo vindos da Europa e da Ásia. No documento, a Conmebol afirma que os dez países que disputam as eliminatórias do continente estão de acordo com a decisão.

A seleção brasileira tinha sua estreia prevista para o dia 27 de março, em partida contra a Bolívia, na Arena Pernambuco, e enfrentaria a seleção peruana no dia 31, no estádio Nacional do Peru, em Lima. Os convocados do técnico Tite deveriam se apresentar no dia 23 de março, em Recife, onde o elenco daria inicio à preparação para as partidas.

Ainda não há novas datas definidas para as primeiras rodadas da competição. Os ingressos para o jogo do Brasil em Recife começaram a ser vendidos justamente nesta quarta-feira (11). A CBF ainda não se pronunciou sobre as ações que vai tomar.

A Argentina anunciou nesta quarta (11) que vai impor uma quarentena de 14 dias para argentinos ou estrangeiros que chegarem ao país vindos de países com maior número de casos do coronavírus.

A seleção brasileira, por exemplo, tem dois de seus convocados atuando no futebol da Itália, um dos países mais afetados pelo surto. Danilo e Alex Sandro, da Juventus, estão sendo monitorados pelo clube de Turim após o zagueiro italiano Rugani ser diagnosticado com coronavírus.

A entidade sul-americana também já age para organizar (ou reorganizar) as suas competições. O Paraguai não terá a presença de público nos próximos eventos esportivos por determinação do governo. Palmeiras e Santos, por exemplo, ainda jogarão pela Libertadores no país.

As eliminatórias asiáticas para a Copa do Mundo do Qatar, em 2022, marcadas para o fim de maio e para o início de junho, já foram adiadas.