Hélio Wirbiski. Foto: Chico Camargo/CMC

O superintendente de Esporte do Governo do Paraná, Helio Wirbiski se diz favorável ao retorno do futebol paranaense e prevê a volta dos jogos do Estadual para daqui ’30 ou 40 dias’, caso haja a liberação por parte do secretário de saúde, Beto Preto. Wirbiski afirma que, devido a uma condição financeira mais favorável dos clubes profissionais de futebol, que podem testar funcionários e criar protocolos de saúde, a retomada do Paranaense não trará riscos à população do estado. A afirmação foi dada em entrevista à Rádio Banda B, durante o programa Balanço Esportivo.

“Estivemos recentemente reunidos com o secretario Beto Preto, com o presidente da Federação Paranaense de Futebol, Helio Cury, e tratamos muito mais de protocolos de saúde do que de futebol. Entendemos que o esporte profissional tem a condição de fazer a testagem para a covid-19, assim como a condição de contratar equipes médicas para dar segurança a todos os envolvidos, diferentemente de academias e de instituições do esporte amador. Por isso, queremos acreditar que daqui 30 ou 40 dias já possam ser liberados os jogos, até porque eles não trazem risco nenhum à população, já que os atletas são testados e estão isolados por segurança. Os próprios treinos nos CTs já voltaram gradualmente”, afirmou o superintendente.

Helio Wirbiski também falou sobre o impacto no esporte paranaense em geral. Segundo ele, a pandemia obrigou o governo do estado a cancelar diversos eventos, como os Jogos Escolares e os Jogos da Juventude, impactando cerca de 150 mil jovens. “Pretendemos retomar as atividades em setembro e criamos um pacote para auxiliar a todos. Chamamos as federações e nossa ideia é que as competições sejam disputadas todas em conjunto com o governo do Paraná”, completou.