Alemão, técnico do Londrina. (Gustavo Oliveira/LEC)

O técnico do Londrina, Alemão, acredita que o Athletico terá vantagem no confronto das quartas de final do Campeonato Paranaense por ter voltado antes aos treinamentos. Enquanto o Tubarão retoma as atividades nesta segunda-feira, o Furacão está trabalhando há mais de um mês, mesmo com a proibição da Prefeitura de Curitiba desde o dia 13 de junho.

“Possivelmente fará alguma diferença, porque a parte física é fundamental. Jogo decisivo é bem o momento. Lógico que vamos tentar preparar a equipe da melhor maneira possível e se jogar no dia 19, vamos ter apenas uma semana de treinos. Não podemos ter excesso de carga [nos treinamentos], e vamos colocar uma equipe bem organizada dentro de campo para fazer um bom resultado”, avaliou Alemão, em participação no programa ‘Balanço Esportivo’.

A ideia da Federação Paranaense de Futebol (FPF) é voltar com o estadual já no próximo final de semana. Se isso acontecer, o Londrina terá menos de uma semana de treinos. Um fator importante neste momento seria a liberação das cinco substituições, porém, a nova regra foi vetada.

De acordo com Alemão, o aumento no número de substituições dá condição do técnico mudar o jogo. “Tive essa experiência na base e dá oportunidade para mais jogadores jogarem. Às vezes tem 25, 30 jogadores no elenco e alguns deles não jogam. Com cinco substituições, você também pode mudar completamente o jogo. Para a nossa equipe neste momento, vai ser uma condição ruim não acontecer. Se tivesse as cinco substituições, seria importante para nós”, disse.

Reforços para a sequência da temporada

Sem novas inscrições para o Campeonato Paranaense, o Londrina trabalha para reforçar o elenco na disputa da Série C do Brasileirão. “Não temos muito o que fazer no Paranaense porque já tivemos a saída de alguns jogadores e não podemos mais inscrever ninguém. Vamos seguir com o que temos para o Paranaense e em busca de contratações pontuais para a Série C. Queremos jogadores com um perfil bacana para a Série C ou oriundos da Série B”, comentou o treinador.