A Federação Paranaense de Futebol (FPF) confirmou que a arbitragem de vídeo será utilizada no Campeonato Paranaense. Mas, ao contrário do desejo dos participantes do mata-mata, o auxílio eletrônico aos árbitros só acontece a partir da semifinal, e não nas quartas de final. A segunda fase do Estadual começa neste sábado (2), com Londrina x Athletico, às 16h, no estádio do Café.

A mobilização dos clubes começou imediatamente após o final da primeira fase do Paranaense. Coritiba e Maringá, os times que mais reclamaram publicamente das arbitragens do Estadual, se articularam com os outros seis participantes do mata-mata. E os clubes chegaram à FPF com o pedido de introduzir a arbitragem de vídeo a partir deste final de semana.

Apesar do interesse dos oito finalistas do Paranaense, a FPF optou por adotar o VAR apenas na semifinal. No regulamento do campeonato, é dada à entidade a prerrogativa de definir em que fase (a partir da segunda) a arbitragem de vídeo será utilizada. Desta forma, os jogos dos próximos dois finais de semana terão decisões tomadas apenas pelo árbitro.

Quartas do Paranaense

Além de Londrina x Athletico, as quartas de final do Paranaense serão abertas com outras três partidas. No domingo (3), às 16h, o Cianorte recebe o Coritiba no Albino Turbay. Mais tarde, às 18h30, tem Azuriz x Operário no estádio Os Pioneiros, em Pato Branco. E, fechando os jogos de ida, na segunda-feira (4), às 20h, o Cascavel encara o Maringá no Olímpico Regional.

Árbitro de vídeo no Paranaense.
Foto: Arquivo

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Paranaense só terá VAR a partir da semifinal, apesar do pedido dos clubes

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.