(UEFA)

Na semana em que a Uefa espera acertar com todos os seus membros associados como e quando acontecerá a volta do futebol na maioria dos países europeus, o presidente da entidade, o esloveno Aleksander Ceferin, deseja ver o final dos campeonatos nacionais, mesmo que isso aconteça sem a presença de torcida nos estádios.

“Há opções que permitem retomar e completar as ligas. As pessoas verão como normal o fato de só poderem ver futebol pela televisão, mas é melhor do que não se jogar. As medidas serão por tempo limitado e voltaremos à normalidade com estádios cheios, tenho a certeza disso”, afirmou Ceferin, nesta segunda-feira, em entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera.

“Ainda é muito cedo para dizer que não podemos terminar a temporada, pois o impacto seria terrível para clubes e ligas, mas devemos respeitar as autoridades e aguardar permissão para voltar a jogar”, explicou o dirigente esloveno.

Quanto à data limite para terminar os campeonatos e copas nacionais, Ceferin esclareceu que “não há prazo estipulado. Estamos explorando uma vasta variedade de opções para ver quando as competições podem terminar, sempre com base nas datas da temporada seguinte”.

O presidente da Uefa prevê que os jogos das seleções nacionais, que não terão mais a Eurocopa neste ano – foi adiada para 2021 – possam regressar em setembro deste ano e admite que se a temporada dos clubes terminar neste mês ou em outubro “trará um grande impacto no calendário da próxima temporada”.