Neymar. (Divulgação/PSG)

A diretoria do Paris Saint-Germain confirmou nesta quarta-feira que três jogadores do elenco testaram positivo em exames feitos nesta semana para detectar casos de covid-19, dois dias depois de anunciar que existiam duas suspeitas. Os nomes dos atletas infectados com o novo coronavírus não foram revelados pelo clube, mas de acordo com o jornal francês L’Equipe, o atacante Neymar está com a doença.

“Três jogadores do Paris Saint-Germain foram confirmados como positivos após o teste à Sars-CoV-2 e estão sujeitos ao protocolo sanitário apropriado. Todos os jogadores e funcionários continuarão a realizar os testes nos próximos dias”, informou o clube francês através de um comunicado em suas redes sociais e no site oficial.

Na semana passada, uma jogadora do elenco feminino do Paris Saint-Germain havia testado positivo para a covid-19, fazendo com que fosse desfalque na partida contra o Lyon, pelas semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

O Paris Saint-Germain se torna, assim, o mais recente clube da primeira divisão do Campeonato Francês a contar com casos do novo coronavírus, depois de Olympique de Marselha, Lyon, Nice, Monaco, Saint-Étienne, Nimes e Rennes terem já confirmado a existência de resultados positivos em seus elencos.

A temporada 2020/2021 do Campeonato Francês começou no dia 21 de agosto, tendo já sido disputadas duas rodadas. O Paris Saint-Germain ainda não fez a sua estreia em virtude da participação na final da Liga dos Campeões no último dia 23.

O início da defesa do título do clube de Paris está marcado para o próximo dia 10, pela segunda rodada, contra o Lens, fora de casa. O elenco, de folga desde a derrota para o Bayern de Munique, se reapresentará nesta quinta-feira.