Foto: Reprodução/Instagram

O pai e o avô do meio-campista Walter Montillo, 35, ex-Cruzeiro e Santos, morreram com suspeita de coronavírus.
A notícia foi anunciada pelo clube do jogador, a Universidad de Chile, que informou a morte do pai do atleta, Walter Óscar, nesta terça-feira (7). Ele tinha 60 anos e havia sido internado em um hospital na Argentina com graves problemas respiratórios.

Recentemente, Montillo também perdeu o seu avô, Óscar, que tinha 91 anos e assim como o pai do jogador morreu com suspeita de ter sido contagiado com a Covid-19.

O Cruzeiro, clube que o meia defendeu entre 2010 e 2012, também mandou uma mensagem de apoio nas redes sociais.